Co-criador de “Os Simpsons” ajuda a salvar touro gay do abatedouro


simpsons-lou2

Sam Simon, produtor da série de animação, doou 5 mil libras para que o touro Benjy seja levado a um santuário














Ao contrário do que diz quem condena a homossexualidade, a atração pelo mesmo sexo acontece em todas as espécies da natureza. No último dia 10 ficou famoso o caso do touro Benjy, na Irlanda, que estava fadado a ser sacrificado porque, apesar de ser vendido como um touro reprodutor, não tentava cruzar com fêmeas, apenas com machos.

Criado no condado de Mayo, Benjy tinha o abatedouro como destino certo, até que ativistas gays e dos direitos dos animais fizeram uma campanha online para salvá-lo que se tornou viral. A história veio à tona quando o proprietário do bicho contou para uma jornalista local, Joanna McNicholas, que Benjy não estava cumprindo com sua função na fazenda, e que estava prestes a ser sacrificado. “Ele parece um bezerro gigante. Ele é muito gentil e muito quieto”, relatou a jornalista. O caso foi publicado no jornal The Connaught Telegraph.

O fazendeiro dono do touro num primeiro momento pensou que ele era apenas “tímido”, mas depois trazer um expert à fazenda reparou na homossexualidade de Benjy. “Eu não achava que um touro podia ser gay, mas depois de chamar um consultor eu aprendi que isso pode acontecer”.

O site TheGayUK montou uma campanha de financiamento coletivo para salvar o touro, tentando arrecadar 5 mil libras para comprá-lo e levá-lo para um santuário animal. Em menos de uma semana a campanha arrecadou mais de 9 mil libras, incluindo uma doação de 5 mil libras do produtor que ajudou a criar a série Os Simpsons, Sam Simon, feita essa manhã.
Simon é vegano, e doa frequentemente para projetos contra a crueldade animal. “Todos os bichos têm um destino terrível no comércio de carne, mas matar esse touro porque ele é gay seria uma tragédia dupla”, declarou o produtor. Benjy será levado para o Hillside Animal Sanctuary em Norwich, e o dinheiro excedente será utilizado para sustentá-lo até que ele venha a morrer naturalmente, declarou Joh Carmody, da organização Animal Rights Action Network (ARAN).
De acordo com a jornalista Joanna McNicholas, não se fala muito sobre como lidam com touros homossexuais nas fazendas. Eles são em geral vistos como “inúteis” e “imprestáveis”. Já se observou comportamentos homossexuais em leões, pinguins e leopardos. Os morcegos são os animais com a maior incidência de homossexualidade entre os machos da espécie.
Fonte: BBC News e PinkNews

0 comentários:

Postar um comentário

-->