Aguinaldo Silva causa polêmica ao promover "cura gay" em Império

Divulgação, TV Globo
Divulgação, TV Globo

Quando Império começou, podíamos afirmar com certeza que a novela tinha quatro personagens gays. Agora, passados três meses, o único homossexual convicto é Téo Pereira (Paulo Betti). Um tempo atrás, Aguinaldo Silva foi criticado pelo excesso de gays em sua novela. Desta vez a polêmica é outra: o público acusa o autor de ter promovido uma verdadeira “cura gay” no horário nobre.


Cláudio Bolgari (José Mayer), depois do escândalo provocado pela revelação de sua homossexualidade, resolveu voltar novamente pro armário. Ele não para de fazer juras de amor a Beatriz (Suzy Rêgo), principalmente após o grave acidente sofrido pela esposa.

Divulgação, TV Globo
Divulgação, TV Globo

Leonardo (Klebber Toledo) é outro que resolveu mudar de time depois de anos sendo amante de Cláudio. Foi só a encrenqueira Amanda (Adriana Birolli) colocar os pés no Brasil, o bonitinho logo se enroscou nela e os dois já apareceram em várias cenas quentes.
Só falta agora Xana Summer (Ailton Graça) revelar que gosta de mulher… E pelo que já foi divulgado, é isso mesmo que vai acontecer. O cabeleireiro dirá às amigas que é um crossdresser, ou seja, um homem que se veste de mulher, mas não necessariamente é gay. Há até rumores de que ele e Naná (Viviane Araújo) façam muito mais do que apenas “dormir de conchinha”
.
Divulgação, TV Globo
Divulgação, TV Globo

Nas redes sociais, há várias pessoas acusando Aguinaldo Silva de mostrar a “cura gay” em Império. Será?
No caso de Cláudio e Leonardo, ficou claro desde o início da trama que eles são bissexuais. O caso de Xana é um pouco mais complicado, pois a sexualidade dele (ou dela) nunca ficou bem explicada. Há até uma confusão de gêneros nos diálogos, com parte dos personagens chamando de “O XANA”, outros de “A XANA”, “TIO XANA” ou “TIA XANA”. Confuso, né?

0 comentários:

Postar um comentário

-->