TRF determina que YouTube e Vimeo retirem do ar vídeo com críticas aos Correios

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região ordenou a retirada de um vídeo com críticas aos serviços dos Correios do YouTube. As imagens, produzidas pelo site intitulado "Canal do otário", estão disponíveis também na plataforma de vídeo Vimeo, e devem ser retiradas de lá a pedido da empresa estatal.

De acordo com O Estado de S.Paulo, por solicitação dos Correios, que alegou "uso indevido de marca registrada", a Justiça determinou ao Google a "supressão das partes do vídeo em que são veiculadas indevidamente as logomarcas de propriedade dos Correios".  "Caso o uso indevido da imagem perdure, a empresa tomará as medidas judiciais cabíveis". 

Crédito:Reprodução
Youtube e Vimeo terão que retirar vídeo do ar
 
 
O vídeo associa tarifas no Brasil com as de outros países e critica o monopólio estatal no setor, além de fazer uso de palavrões no texto. O "Canal do otário" é apresentado por um personagem anônimo que veste um saco de papel que garante lutar contra empresas que fazem propaganda enganosa. O site conta com quase meio milhão de assinantes no Youtube.

0 comentários:

Postar um comentário

-->