Nintendo se desculpa, mas mantém gays fora de jogo que simula vida real





A Nintendo se desculpou por ter excluído homossexuais do jogo Tomodachi Life, que simula situações da vida real. Mas informou que não tem como fazer modificações agora, então os gays permanecerão de fora.
"Pedimos desculpas por desapontar muitas pessoas ao não incluir relacionamentos [entre pessoas] de mesmo sexo no Tomodachi Life", disse a companhia, em nota enviada ao Eurogamer.
A Nintendo explicou que incluir relacionamentos entre pessoas de mesmo sexo seria uma mudança muito significativa no jogo, o que não pode ser feito por um patch. Entretanto, garantiu que prestará mais atenção em futuras edições.
"Prometemos que, se criarmos um próximo capítulo para a série Tomodachi, lutaremos para projetar uma experiência de jogo que seja mais inclusiva e represente melhor nossos jogadores."
A polêmica começou porque um jogador se sentiu excluído por não conseguir relacionar o parceiro no Tomodachi, o que o impede de desbloquear alguns níveis. Ele, então, iniciou uma campanha para pressionar a empresa a incluir os gays no título (saiba mais).

0 comentários:

Postar um comentário

-->