Médico americano crê que heterossexual pode virar gay se ouvir Adele


Médico americano crê que heterossexual pode virar gay se ouvir Adele No recente documentário "Cure Me, I´m Gay", o médico John Smid, que mora no Texas, Estados Unidos, revelou acreditar que o simples fato de ouvir músicas da cantora Adele transformam heterossexuais em homossexuais.

Para evitar que uma pessoa heterossexual se torne gay, a recomendação do médico John Smid é ouvir músicas cristãs e deixar de lado os hits da cantora, que já ganhou dez Grammys e bateu recordes de Michael Jackson, Madonna e Whitney Houston.

O documentário "Cure Me, I´m Gay" é feito pelo apresentador de TV Christian Jessen, que é médico e homossexual. As gravações mostram Jessen testando supostas "curas gay" e comprovando que não dão certo. A concepção de Smid também é ridicularizada pelo colega de profissão ao longo do registro.


0 comentários:

Postar um comentário

-->