Jogadora é acusada de ser homem e rivais podem boicotar torneio na Coreia


Park Eun-Seon, jogadora sul-coreana, foi acusada de ser homem por rivais Park Eun-Seon, jogadora sul-coreana, foi acusada de ser homem por rivais

Seis times de futebol feminino da coreia do Sul ameaçam boicotar a liga local se Park Eun-Seon, 27 anos, jogadora do Seul City Amazones, continuar a entrar em campo por sua equipe. O problema, segundo os rivais, é que Seon seria, na verdade, um homem.
Ela foi a artilheira da última liga local, com 19 gols em 22 jogos, e levou o Seul ao vice-campeonato. Com 1,80 m e 64 kg, Seon possui traços masculinos em seu rosto e um corpo que dá vantagem física contra rivais.
A atacante já atuou pela seleção feminina da Coreia do Sul, e representou o país na Copa do Mundo de 2003 e nas Olimpíadas de 2004. Nas convocações recentes, não esteve presente.
Segundo as equipes rivais, é "inseguro" que as atletas atuem contra alguém tão mais forte e mais rápida.
De acordo com o jornal "Complex Sports", a jogadora se manifestou em redes sociais lamentando as acusações.
A Federação Coreana anunciou que falará de forma oficial sobre o caso ainda nesta quinta-feira e Kim Jun-Su, administrador do Conselho Esportivo de Seul, declarou que o assunto "jamais deveria ter sido trazido à tona novamente."

 
 Park Eun-Seon atua pelo Sul City Amazones, da Coreia do Sul

Via :

0 comentários:

Postar um comentário

-->