Justiça proibe ‘Pânico na Band’ de usar imagem do apresentador Sílvio Santos

 

O humorista Cerá imitando Sílvio Santos
Nesta quinta-feira (21/2), o Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu, definitivamente, que o programa ‘Pânico na Band’ faça uso da imagem do apresentador e fundador do SBT, Sílvio Santos. Ficou decidido também que a emissora deverá responder com a multa de R$ 100 mil reais cada vez que violar a decisão judicial.

A briga entre Sílvio Santos e a Band começou em maio de 2012, quando o apresentador se negou a dar uma entrevista ao programa e, desde então, teve suas imagens dubladas e exibidas no humorístico.

Considerando a atitude ofensiva, o SBT iniciou uma ação indenizatória por danos morais e materiais e, em primeira estância, ganhou a causa. Ainda no ano passado, a Band recorreu e conseguiu que as imitações fossem permitidas. Mesmo com a liminar ganha pela emissora, o caso só seria julgado definitivamente hoje.

No último domingo, ao reestreiar na televisão, o humorístico ‘Pânico na Band’ apresentou todos os seus integrantes vestidos como Sílvio Santos.

0 comentários:

Postar um comentário

-->