Devaneios Vol. I - Garoto com leite condensado.

http://lovekpopbrazil.files.wordpress.com/2013/05/203.jpg?w=594&h=594&crop=1Sou safado, sem vergonha.
Sou viado
Sou do babado
Sou gostoso, malhado.
Sou do babado

Tenho a força e cabelos de Sansão
Sou bombado, cheio de amor pra dar.

Minha força vem do bombom
Chocolate branco
Dou de pau
http://papelpop.com/papelpop/wp-content/uploads/2013/09/Lee-Joon-sem-camisa.jpg
Ai, ai
Que garoto gostoso
Com cheiro de leite condensado

Ado, a ado.
Adoro
Quero mais um pedaço.

http://3.bp.blogspot.com/-TaCQKkSWO3Q/Ti8x-QocWiI/AAAAAAAAAD8/bcUXSUvR4Pc/s1600/bombom+de+morango.jpg

Quero garoto condensado
Condensado
Quero bombom recheado
Todo coberto por leite condensado.

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Devaneios Vol. I - Fundo do copo

http://1.bp.blogspot.com/_3RXhwYXmgVQ/TJTpo5VjCiI/AAAAAAAADhE/-B9RXFU33bw/s400/copo+sem+fundo.jpgJá tive dias de gloria
Os mais ensolarados da terra
Sonhos de infância morreram
Pesadelos adultos floresceram

No fundo do copo
Vi o inferno
Foram tantos copos

Na escola da vida
Aprendi que sem amor
Nada existi

Caindo em depressão
No fundo das garrafas de tequila
Envenenei meu corpo
Embriaguei meu coração

De estrela pop
Terminei estrela cadente
Sem dentes
Sem um tostão furado
A não ser os dentes que me restaram

De hotéis à motéis
Perdi tudo
Só não perdi a vontade de viver
A esperança,
Ultima que morre.

Deus ouviu e responde minhas preces
Um anjo de cabelos de ouro
De olhos esmeralda
De lábios e coração doces
Deu-me a mão
Resgatando-me do inferno
Da depressão

Aprendi a lição
Chega de urina do capeta
Em quanto posso sentir o doce
Dos seus beijos.

Enquadra-se
Enquadra-se na vida
Se não ela te enquadra
Cuidado para não ver o sol nascer quadrado

Não digo para ser quadrado
Chato ou previsível

Aproveite a vida,
A respeite.
E terás a roda da vida e da fortuna em suas mãos

E quando chegares ao topo
Verás que, sem amor e amizade.
Não existe topo, nada é realmente verdade.

Apenas um arranha-céu do capitalismo
Presidente de uma multinacional
Falida desde a inauguração

Correndo a mil por hora
No rumo do vento
Na estrada da vida
Sai da linha, estou chegando.
Mas a vida me reserva

As manhãs que nunca tive
Dê um grito de alegria
Solte a vida
Senha ser feliz
Na Avenida 24.

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Devaneios Vol. I - Face da morte

http://nalupa.com/wp-content/uploads/2012/03/Grim_Reaper_Face_by_death2726-e1334325865764.jpgA mais feia das feias
Ninguém quer ver
Mas quando menos espera
Lá está ela
Na capa da revista ou em todo jornal

Face vazia
Quem já viu, não sobreviverá para conta.
Conto-te por testemunho
Só escapei por minha alma ser cega
Só obedece as ordens do coração

Ligo a TV
Escuto rádio
Lá está ela
Corro anos luz de seu encontro.

http://fc01.deviantart.net/fs32/f/2008/233/a/d/ade034e30ecab843eea633e4bc9aca92.jpg

Viagem final
Destino incerto
Ninguém sabe contar o fim desta historia
Só o fim dos seus dias revelará.

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Devaneios Vol. I - Só rico

 http://www.altenburg.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/07/amigos1.jpg

Tenho a mais valiosa riqueza do mundo
Meus amigos, família escolhida não somente a dedo.
Principalmente a dois corações verdadeiros

Quero tê-los ao meu redor, todos os dias.

Meus dias serão mais sorrisos
Mais alegria
Terei em viver

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Devaneios Vol. I - Preconceito

http://imguol.com/2012/05/22/giz-quadro-negro-sala-de-aula-1337706883548_300x420.jpgA culpa de existir preconceito
E do governo, do sistema por suposto.
Parcialmente nossa.

O que falta é educação
Puxão de orelhas
E umas tapinhas no bumbum
Porque hoje, ainda há tempo.

Uma população educada, com níveis de Inter-aprendizagem, elevados sobre evolução cotidiana.
Muda o futuro, conserta os erros do passado.



Pois o relógio não existe se a criança não crescer.

Até o que não é matéria evolui

O pensamento, a alma, o espírito.
Não sei responder como
Só sei

Evolua e cresça respeitando a mãe natureza com sua...
Nossas criações

A vida é um complexo
Mas tronasse simples de se viver quando o amor for seu professor

http://cupom.com/revista/wp-content/uploads/2012/10/educacaoestudantes-coreanos-na-universidade1-e1352804425993.jpegSó o amor recupera os corações
Os rudes podem volta ao início
A serem crianças

Violência gera violência
Amor dá a luz
A Justiça

Os piores alunos
Só existem
Por falta de um ombro amigo
De alguns beijos, escassos da família.

Poucos se existem?
Foram dedicados aos pequenos cidadãos

A família é a primeira serie da escola da vida
Mães e pais tomem cuidado com suas atitudes.
Pois quando pais.
A vida e a sociedade cobra ainda mais respostas.

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Devaneios Vol. I - Venha apaga este fogo irracional

https://lh5.googleusercontent.com/-vjUNk2lgw0M/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAAA/mLQSvzgVIzg/s600-c-k-no/photo.jpgJá foi palhaço, sarcástico.
Mas tudo que quero
É ser amado

Não importa que não me ames
Ama lhe já é o suficiente









Desculpe-me por ser Sali-caliente
Falo da boca pra fora
Mas se afim estiver
Pode rola, vamos lá!

 http://25.media.tumblr.com/tumblr_mdrepwP6Ws1rbplbxo1_500.gif

Na cama, no chão.
Não importa
Onde o amor estiver
Onde você fizer
http://1.bp.blogspot.com/-_q7Yl45GwV4/Uayq0H8CeTI/AAAAAAAAGBo/ImCT6SeHakk/s1600/tumblr_mgmnbnWC351rjw7j2o1_500.gif
Sorriso sedutor
Tatuado, gravado em minhas retinas.
Guardo esta imagem no coração
Lembro-me da cor de seu corpo
Das suas mãos tocando meu coração
http://25.media.tumblr.com/e2568bf539b8b8ae399e9573e58ba203/tumblr_mpg0rc7kVv1sytpsso1_500.gif
Foi meu primeiro amor

O que ainda volta a minha mente
Farei o impossível para ter seu coração.

Texto de Gaburieru Phantomhive.

Vídeo faz compilação sexy dos garotos de “Glee” desde a primeira temporada



Meninas vão curtir, gays vão amar… Um canal de Youtube fez uma compilação dos momentos mais sexy dos garotos de “Glee” desde a primeira temporada do seriado.
Tem tudo no vídeo. Cada momento é registrado. Toda hora que um cara tira a camisa, que um beija o outro, que um dá um tapinha na bunda do outro, que dois amigos malham juntos, posam para fotos sexy…
São os momentos mais homoeróticos de “Glee”.




Bela retrospectiva, né? Qual é o seu momento favorito acima?
Chord_overstreet_sam_evans_flexing
Os nossos são todos aqueles que o Chord Overstreet aparece.
tumblr_mf3ym8dHcP1r62ix2o11_r3_250
E aqueles que o lindo e fofo do Jacob Artist também aparecem. Simples assim.
tumblr_mxxc5jEsfu1r31apwo3_1280
Porque eles são lindos juntos.
tumblr_mxxcz3Fnuf1t43gz0o10_400
Apenas.
tumblr_mlf529GANF1qc4q26o3_250
<3 p="">

AlphaBAT lança seu último videoclipe do ano ‘Surprise Party’ para o Natal


alphabat_1387336892_mf3O novo grupo AlphaBAT não poderia ir às férias sem antes dar uma surpresa para os seus fãs, então eles lançaram inesperadamente o seu segundo single digital “Surprise Party”, e respectivo videoclipe!

Os meninos apresentaram um conceito hip hop com o seu single de estréia, mas com essa segunda música, eles estão soltando seus olhares ferozes e usando roupas que eles optaram pelas cores da estação, vermelho e branco.

A música em si é uma faixa pop dance do compositor Real Guy e membro Iota que ajudou com o rap.
Confira Abaixo!



Devaneios Vol. I - Rosas do tempo

http://static.freepik.com/fotos-gratis/rosas--o-tempo--pires--coffee-break_3316071.jpgHoje tenho certeza
Que conheci a gentileza
Durante anos.
Aprendi a sorrir, a sonhar.

http://fc03.deviantart.net/fs51/i/2009/281/c/5/Hiro_x_Nowaki_2_by_VioletMoth.jpg






Gentilmente cuidou do meu coração
Ensinou-me que um sorriso
Abri as portas dos céus
Abria as portas do corpo
Liberta o espírito
Acalenta a alma do justo

Ensinou-me sem saber
Com seu sorriso
Que a felicidade está em fazer os outros sorrirem
Em fazer a humanidade feliz

Não tenho vergonha em dizer
Que o que me faz feliz
É ser um palhaço aprendiz

Minha alma repousa em gozo eterno

O tempo passou rápido
As rosas desabrocharam
Sinto todas as noites
Seu perfume no ar

http://www.papeldeparede.etc.br/fotos/wp-content/uploads/rosas-vermelhas-abrindo.jpg

Quando olhares para o tempo
Contemplará a beleza das rosas
Verás que o tempo é relativo
Que nossa amizade está além do real

Sinto todos os dias o doce perfume das rosas

Que noites maravilhosas passamos
Dia de gloria
Que não voltaram


http://i43.tinypic.com/2yvjkev.jpgDei-me sua mão
Sinta meu coração


Chorei lágrimas de mel
Chorei de alegria e gratidão
Por ter lhe conhecido
Por ter me ensinado
Que um sorriso
Abri as portas do paraíso

Poderemos voltar no tempo?
Gostei de tudo que fizemos

Os brotos brotaram novamente
No jardim floresceram
As rosas do tempo
As melhores lembranças
Que guardo em meu coração


http://2.bp.blogspot.com/-esZ5gWERaNg/Tmw5ui5V0iI/AAAAAAAAAYY/LDDbFFLLGy4/s1600/yaoi7.jpgQue nossa amizade
Dure toda eternidade
Que todos os dias lembrem-se
Que fez uma criança sorrir
Que fez um jovem feliz

Não quero dinheiro
Seu amor é o bastante
Não quero uma mansão
Pois o que há de melhor?
Que mora em seu coração

Dei o máximo de mim
Tudo que quis, foi ensinar a humanidade a sorrir.
Só peso que se lembre
Deste soldado
Que jurou fidelidade à educação

Plantamos juntos
As rosas do tempo
No jardim encantado de nossos corações
Melhores lembranças que guardo em meu coração

Devaneios Vol. I - O amor irracional

http://3.bp.blogspot.com/_YxTr6Elseps/TO68nu_f0SI/AAAAAAAAAJY/c95pf20Vxoo/s400/yaoi%255E%255E.jpgAmor dos tímidos
Paixão sem precedentes
Revelo meu arco-íris dentário





Não é colorado, mas transfigura a emoção mais louca e romântica que senti.


Por um beijo, muito mais que um.









http://2.bp.blogspot.com/-DUbbuET44NU/UOdTy715ZTI/AAAAAAAAKNU/ZPalSLlYpy4/s1600/Sem+t%C3%ADtulo.pngAo seu lado estou seguro
Seu amor livra-me do mal
Dar-me forças para viver
Para sobreviver
Renascimento das cinzas
Após quatro de julho

Já me colocaram em camisa de força
Mas ninguém pode me afastar de Cris

Fugimos para lua
Moradia dos amantes
Nosso amor imortal

Devaneios Vol. I - Humildificador

http://img.zapcorp.com.br/conteudo/img_4180.jpgTodas as manhas
Bato meus sonhos no humildificador
Para retira, separa as impurezas.
Obtendo o mais puro licor

Licor de mil sabores
Arco-íris de cores
Adoçado com amores

http://info360.org/wp-content/uploads/2013/10/licores.jpg

Não tenho sangue azul
Mas colorido
Pelas cores do arco-íris
Dou valor às coisas simples
Pois com elas, encontra-se.
O caminho das felicidades

A vida passa como um flash
Saiba aproveitar seu momento
Não desperdice sua vida
Não queime seu filme

http://cloud.lomography.com/576/389/e4/b310fbe732c36406a7cde4137b521f27668a86.jpg

Experimente tudo que puder
Se fizer escolhas erradas
Se se machucar

Tenha coragem, que o licor da humildade cicatrizará suas feridas e machucados.

Seja quando a tristeza lhe abater
Tenha humildade, deixe as rolarem.

http://31.media.tumblr.com/tumblr_ljgs9s6VUe1qinll3o1_500.jpg

E quando o dia amanhecer
O sol enxugará suas lágrimas
Iluminará sua alma
Esquentando seu coração

Felicidade é produto dos sonhos
Da alma e do coração
Após é claro, de ter passa-los no humildificador.


Devaneios Vol. I - Flor mutante

Sou um degenerado
Inconstante
Mutante por maestria

http://4.bp.blogspot.com/_sB2wThDpjDk/TE7o2GFHkcI/AAAAAAAABF0/cTyhbd1mmY8/s1600/flor_rara_1.jpgSou colorido, perfumado.
Sou delicado por natureza

Sou companheiro
Mas se você for uma praga
Venenosa
Transformo-me
Em uma planta carnívora
Devoro lhe.
Difícil de engolir





http://2.bp.blogspot.com/-y1rmDY4pxjU/UafWZ3GsRTI/AAAAAAAAAIY/oFSEru5xS0I/s1600/945988_547438681968371_2121306480_n.jpgEstou em seus momentos
Tristes e alegres
Em um cortejo, entre namorados.
Ou em enterros, levo bons e saudosos sentimentos.
Sinceros aos corações e almas


Uma flor para outra...


Devaneios Vol. I - Vingança Vesga

http://www.cpibrasil.com/images/stories/0003.jpgNascemos livres, iguais aos demais.
Tendo um anjo a te guardar
Um demônio a te atormentar


Já vez sua escolha.
Tarde demais
Suas palavras frias congelavam meu coração
Procurava o amargo do meu ódio


Minha justiça enxerga
Minha vingança é vesga
Todo mal produzido
Volta em ecos sucessivos
Para o infeliz produtor

Quando lhe ergui a mão
Tu deste-me as costas
Fingistes de surdo ao meu pedido de socorro
Agora é hora do troco

http://2.bp.blogspot.com/_pj1x6uu2Pj0/ShRBfb_uKwI/AAAAAAAAAHY/jKcc_sY9S78/s320/ANJO+CHORANDO.jpgMinha vingança é estrábica
Terá em dobro seu troco

A roda da vida girou
Chegou a hora do troco
Provará seu veneno em dose maior
O antídoto para o mal produzido
É a justiça aplicada

Este veneno que tornou
Meu coração em pedra



Era um lindo anjo
Até o dia que te conheci
Perdi minhas assas

Escolheu me ter como...
Provará teu tempero amargo

Assim que tiver aprendido a lição
Darei lhe a mão e meu coração restaurado
Passado o inverno
Floresce nossa primavera


http://static.nyah.com.br/userfiles/7/F/7/5/capa_133493_1349497298.jpg

Velhos amigos, nova amizade.
Mais forte que diamante.



Texto de Gaburieru Phantomhive. 

Devaneios Vol. I - Profissão Mãe

http://1.bp.blogspot.com/-j1EOAQnTf5g/UYFAeG8QXvI/AAAAAAACOYQ/JATIGRRuxj4/s1600/dia-das-maes-imagens+(18).jpgMãe é eclética
Faz de tudo um pouco e muito mais
O possível e o impossível
Para ver sua criança feliz


Mãe é médica, professora, psicóloga.


E juíza nas horas certas e erradas

Lei S2, amar pai e mãe.

Cozinheira, faxineira, motorista.
Mais ágil que Sena
Como uma rainha acenar para toda vizinhança
Vamos deixa de papo
Que a aula vai começar.
Disse ela antes de me beija
E diz até mais tarde, meu BB.


Texto de Gaburieru Phantomhive.   

Devaneios Vol. I - Carro velho

http://www.fotosdahora.com.br/clipart/cliparts_imagens/16Transporte//carro_antigo_03.gifSou como sou
Demoro a pegar no tranco
Mas quando pego, não paro mais.

Cadê os freios?
Sou indomável a velocidade.
Máximo é meu legado
Carro.

Ultrapasso os limites da vida

http://3.bp.blogspot.com/_3nkPoSgXcOw/TN8SYy152AI/AAAAAAAAAC0/UyFIigVFFf0/s320/velocimetro.jpgMeu combustível não polui
Ele é o amor, que lhe purifica.
Coração a mil por hora
É hora de volta para casa
A garagem mais próxima

Tanque quase vazio
Estou faminto de amor
Venha trocar o óleo deste carro velho
De motor novo
Que se embriaga de amores



Texto de Gaburieru Phantomhive.   

Devaneios Vol. I - E se fosse verdade.

http://farm7.staticflickr.com/6116/6363978759_4ee5671f88_z.jpgQuando um dia
O sonho terminar
Para realidade voltar
Será que tudo foi verdade?
http://palavracolhida.files.wordpress.com/2012/12/sonhos5.jpg?w=547Ou se tudo passou de fantasia

http://littlepigrabbit.files.wordpress.com/2013/02/baekren3.jpegNão importa
Se tudo foi mentira
Para mim foi verdade

O brilho dos teus olhos
Aquece  meu coração
Como os raios do sol
Escondem um lindo arco-íris
Meus olhos não vêm
Mas minha alma sente
Seu perfume no ar
Pode até ser mentira
Mas para mim
Verdade

Nunca pensei
Que poderia me apaixonar
Pode parecer controverso
As leis da natureza
Antes não sabia
Não sentia
Que a vida só tem valia
Com você ao/no meu quarto


A vida, garrafa.
Que armazena sua vida
Coloquei o máximo de bagagem
Mas ficou cheio apenas quando o amor encontrei

Onde por caminhos sombrios
Solitários
Meu coração sangrando
A cada minuto que passa
Esta a beira do abismo da alma
A depressão

Chorando estava a cai

No inferno da alma
Quando um anjo veio
Ao meu socorro
Este anjo é você

http://littlepigrabbit.files.wordpress.com/2013/02/myungyeol2.jpgSeu amor foi minha salvação
Resgatou minha alma
Salvou meu coração
Da loucura
Vivo estou
Louco de amor













Texto de Gaburieru Phantomhive.  


Devaneios Vol. I - Boff babado

http://kpopconcerts.com/wp-content/uploads/2012/04/TAECYEON-COCA-COLA-ZERO-D.jpgGaroto sarado, filho do sol.
Da cor do pecado
Suado com agua do mar
É o Boff babado

Por onde ele passa, chama atenção.
Um mesmo burburinho
“Já vai o babado mais quente deste verão”

Desejo de consumo da nação
De homens e melhores
Não tem quem resista ao tamanho
E ao poder deste babado


E assim chega a noite
O babado esfria
O Boff já passou na boca de todos
Deixou todos babados

Mergulhou no mar
Já é hora de dormir
Quem diria
Seu pai não era o sol

O sol é o padrasto
A mãe natureza adora um Boff escândalo
 Mãe terra teve um de seus filhos
Com o rei dos mares

O Boff babado, na verdade é tritão.


http://1.bp.blogspot.com/-RacPgAnNiO0/Tv2cxAyNrsI/AAAAAAAAJNA/AfK1qdehwFs/s1600/taecyeon%2B%252834%2529.jpg
 Ansioso pelo momento
Em sentir o tridente
De um só dente
Esquenta suas mãos
O calor é tão forte
Que incendeia seu coração


http://chomintae.files.wordpress.com/2010/11/taecyeon-header.jpg
Mas enquanto o destino passeia
Nas horas de lazer
O Boff babado molhado de prazer
Adora brincar de esconde-esconde
Com o peixe espada
Que na verdade é truta
Adoro dá pegas com o príncipe

É o Boff babado, molhado.
És o primeiro viado aquático
O primeiro dos sete mares.






Texto de Gaburieru Phantomhive.  

Devaneios Vol. I - My papa

Meu herói

http://4.bp.blogspot.com/-brEQc_SUoUM/T9Enc9NtGnI/AAAAAAAAAb4/2DxnQFb05VI/s1600/pai_filho.JPGMeu herói
Que me ensinou
A reza
Ir à igreja aos domingos




Fez me chora
Chora no escuro
Para manter seu sorriso
Sofri sozinho no escuro


Quanto ao meu segredo
Só não lhe conto
Por medo de perdê-lo
Meu primeiro

E verdadeiro amigo


Que ainda não aprendeu
Que o coração
Terra fértil
Que a semente quer caí
Nascerá

http://data.whicdn.com/images/44806737/tumblr_me7rhezSUe1rvxeiqo1_500_large.gifNão importa
Que fruto vai dá
O coração não possui DNA definido
É mutante por natureza

Quando souber
Que a alma vale mais
Que a nossa carne
Aprenderam a voar

Nasci em corpo de príncipe
Mas não gosto de rosas
Como a fabricante me construiu
Estou vivo
Sou fora da linha
Da lei
Sou mutante
Por natureza

Quando apreenderem
Que alma não tem sexo
E que seu desejo é esta ao lado da sua irmã celestial

Não importa onde
Ou com quem
A sua missão é encontra-lo
Completando uma a outra
Fazendo a vida
Tornasse completa



Texto de Gaburieru Phantomhive.  


Devaneios Vol. I - Caindo na real

Qualquer dia desses
Vou cai na real
Vou mostrar para todos
Que sou lobo mau


Não quero saber de regras
Pois tais não regem
As feras
Que se escondem
Em corpos humanos

Vou finalmente criar vergonha
De ter vergonha
De ser eu mesmo
Vou beijar o espelho
Estarei livre para voar

Quando falarem de mim
Estou nem aí
Não aprendi a língua das cobras
Tenho pena destas crianças


Estou neste mundo para viver
Quebra tabus
É meu dever
Com meu criador

As barreiras caíram
A liberdade
Hoje impera.


Texto de Gaburieru Phantomhive.  
-->