Funeral de rapaz vítima de crime homofóbico comove o Chile

Daniel Zamudio, que morreu na terça-feira 27, após passar 24 dias em coma, foi enterrado nesta sexta no Cemitério de Santiago, no Chile. O jovem de 24 anos foi morto em um ataque homofóbico no centro da cidade em 03 de março.
“Quero agradecer em nome de toda a família. Haverá tempo para a justiça, só peço respeito e agradeço de coração por cada gesto e lágrima derramada por meu irmão”, disse o irmão Diego, para a multidão que seguia o enterro, segundo o portal Terra.
A morte de Zamudio comoveu o país e muitas pessoas pedem que seja logo aprovada a Lei Antidiscriminação no Legislativo chileno. “O governo quer que o projeto da lei Antidiscriminação possa tramitar da forma mais rápida possível para que a morte de Daniel Zamudio não seja em vão”, ressaltou o porta-voz Andrés Chadwick.

0 comentários:

Postar um comentário

-->