Pai descobre que filho é gay e o queima com água fervente

Monstruosidade cometida nas Filipinas: o jovem Edmund Padilla, de 19 anos, foi vítima de violência do próprio pai quando este soube que Edmund é homossexual. Erano Padilla, que estava bêbado, jogou água fevendo no filho, causando queimaduras graves no corpo do rapaz.
Nas Filipinas, não há leis que contra crimes de ódio e, como o rapaz já é maior de idade, também não conta com a proteção de códigos de proteção da criança e do adolescente.
Veja o vídeo abaixo de uma emissora local sobre o caso:

0 comentários:

Postar um comentário

-->