Entidade critica #MTV por prêmio a cantor homofóbico

“Goblin”, o álbum de estréia do vencedor do prêmio de revelação do MTV Awards, no domingo 28, Tyler, The Creator, tem simplesmente 213 vezes a palavra “faggot” (viado) e similares.
No início do ano, a entidade americana Glaad, que defende o respeito a LGBT na mídia, já tinha denunciado o cantor por conta desse absurdo, e, agora, a organização volta à carga.
A votação da categoria era aberta ao público, portanto, a MTV não tem responsabilidade direta sobre o resultado final, mas foi a emissora que listou Tyler como indicado, colocando-o como apto a ser escolhido pela audiência, alega a ONG.

0 comentários:

Postar um comentário

-->