Egito tem tumba de cabeleireiros gays de 2.500 a.C.

Gays estão em todos os lugares, em todos os povos e em toda a história? Veja algo que pode ajudar a termos uma resposta positiva a essas perguntas. A cidade egípcia de Saqqara tem como um dos lugares mais visitados por gays a tumba dos ”Dois Irmãos”.
Qual a razão disso? O fato de não haver dois irmãos, mas sim cenas de dois cabelereiros nas paredes e seu dia-a-dia: fazer as unhas do faraó, realizar oferendas a deuses e dar abraços e beijos entre si! Seus nomes: Nyaunkh Khom e Khom Hotep.
A construção data de 2.500 antes de Cristo. Naquela época, a homossexualidade era alvo de preconceito, embora o código penal não falasse nada contra ser gay. Enfim, nossos amigos Nyaunkh e Khom davam de ombros para os homofóbicos e se divertiam, pelo jeito! Isso aí!

0 comentários:

Postar um comentário

-->