#Juiz de Goiânia cancela união estável #gay e desafia #STF


O alerta pela cidadania LGBT deve ser permanente. Até mesmo a decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união estável entre homossexuais sofre ataques para sua anulação.
O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal e Registros Públicos de Goiânia, Jeronymo Pedro Villas Boas, cancelou a primeira união estável gay da cidade e determinou que todos os cartórios da capital só aceitem registrar casais do mesmo sexo se houver decisão jurídica nesse sentido.

A base do magistrado é a idéia de que a Constituição aceita apenas a união entre homem e mulher, ignorando que é princípio fundamental das leis no Brasil a igualdade de direitos.
O ativista gay Léo Mendes, cuja união foi cancelada, encaminhou documento ao Conselho Nacional de Justiça pedindo o afastamento do juiz e a validação legal de seu relacionamento.

http://paroutudo.com/2011/06/19/em-goiania-juiz-cancela-uniao-estavel-gay-e-desafia-stf/

0 comentários:

Postar um comentário

-->