#Hackers divulgam documentos em retaliação à Lei de Imigração dos #EUA

Lei estadual do Arizona motivou grupo a publicar dados confidenciais.
'LulzSec' é contra a dura lei estadual anti-imigração.

O grupo de hackers do LulzSec divulgou na noite desta quinta-feira (23) vários documentos que afirmam pertencer à polícia do Arizona, EUA. A ação foi chamada de "Operação Chinga La Migra" (ou "Dane-se o patrulhamento de fronteiras", numa tradução branda).

Eles alegam ter centenas de documentos confidenciais, incluindo e-mails pessoais, nomes e números de telefone de agentes estaduais. O site de tecnologia TechCrunch confirmou que um dos endereços inicialmente postados realmente pertence a alguém que trabalha no departamento de polícia do Arizona.
O grupo hacker diz que o Departamento de Segurança Pública do Arizona foi atacado especificamente por causa da controversa lei SB 1070, que criminaliza os imigrantes ilegais e que exige aos imigrantes andarem com documentos de identificação em todos os momentos.
Movimento "anti-SB 1070" faz parte da agenda política e é um pivô para o grupo hacker que toma uma posição contra a discriminação racial e divulga dados pessoais, uma atitude mais grave do que invadir as comunidades de jogos on-line ou mesmo derrubar os sites do Senado e da CIA.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/hackers-divulgam-documentos-em-retaliacao-lei-de-imigracao-dos-eua.html

 

0 comentários:

Postar um comentário

-->