29 DIAS: O #blockbuster de uma década

29 DIAS: O blockbuster de uma década

16 de novembro de 2001. Há mais de nove anos estava entrando em cartaz o filme Harry Potter e a Pedra Filosofal, cuja produção teve início no ano anterior em vários incríveis cenários do Reino Unido. Quando a Warner Bros. Pictures comprou os direitos da série por apenas um milhão de euros, ela não imaginaria que teria uma franquia bilionária.
Neste novo artigo, saiba como começou todo o sucesso desta série nos cinemas.
Faltam 29 dias para Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2.

Nada de 3D, IMAX ou qualquer outro formato cinematográfico que venha a dar mais lucro para um filme. Harry Potter e a Pedra Filosofal entrou em cartaz no formato convencional e mesmo assim conseguiu quebrar todos os recordes logo na sua estreia. Sua história infantil de magia conseguiu encantar o cinema, principalmente nos Estados Unidos e no Reino Unido. Em 16 de novembro, o primeiro Harry Potter havia faturado US$33,5 milhões, ultrapassando Star Wars Episódio 1 e se tornando o filme com a mais lucrativa estreia, mas ele ainda conseguiu faturar outros US$60 milhões no sábado e no domingo, tornando-se a maior abertura de um final de semana da história, conseguindo quebrar o recorde anterior que pertencia à Jurassic Park: O Mundo Perdido.
O sucesso de bilheteria se manteve por semanas. Harry Potter virou polêmica no mundo todo, assim como vimos o que aconteceu com Avatar em 2009. O longa conseguiu faturar US$947 milhões enquanto esteve em cartaz, o que o levou a ser a segunda maior bilheteria da história naquela época (perdendo apenas para Titanic). Foi o maior sucesso de 2001, deixando O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel em segundo lugar, com uma diferença de US$100 milhões de uma bilheteria para a outra.
Foi aqui que a série Harry Potter mostrou a sua magia no mundo dos trouxas. Uma legião de fãs surgia e este incrível retorno para a Warner Bros. Pictures apenas garantiu uma coisa: Harry Potter e a Câmara Secreta, o segundo livro da série, também iria para as telonas.
Contudo, nenhum outro Harry Potter conseguiu ultrapassar o quase bilionário faturamento de Pedra Filosofal. Hoje, quase 10 anos depois, apenas Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 conseguiu chegar próximo ao lucro primeiro filme, com uma diferença de apenas US$20 milhões. De qualquer forma, ainda temos Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2, que tem 99,99% de chances de ultrapassar o primeiro filme, mas nós jamais desconsideraremos o valor (não só financeiro, mas simbólico) que Harry Potter e a Pedra Filosofal teve para o cinema e para nós.

http://www.oclumencia.com.br/2011/06/29-dias-o-blockbuster-de-uma-decada/

0 comentários:

Postar um comentário

-->