Funcionário público coloca pirataria e pornografia em site do governo da BA

Link do diretório se espalhou pela internet nesta quarta-feira (29).
Funcionário foi afastado do cargo e página foi suspensa temporariamente.

Diretório com nome do funcionário tinha arquivos pornográficos e músicas (Foto: Reprodução) 
 
Diretório com nome do funcionário tinha arquivos
pornográficos e músicas (Foto: Reprodução)
Um funcionário do Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá), do governo da Bahia, publicou imagens pornográficas e arquivos piratas no site do órgão. O link do diretório com as imagens se espalhou pela internet nesta quarta-feira (29) e forçou o instituto a tirar a página do ar temporariamente.

A assessoria de imprensa do órgão confirmou que um funcionário utilizou senha e login interno para publicar os arquivos. Ele foi afastado do cargo até a apuração das acusações. O Ingá é um órgão do governo da Bahia que não existe mais. Hoje, ele é chamado de Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos).

Conforme Israel Nobre, um dos responsáveis por espalhar o link pelo Twitter, o endereço tinha o nome completo do funcionário e estava desprotegido, para que qualquer internauta pudesse ver.
“O conteúdo era material pornográfico, fotos pessoais do responsável pelo diretório, fotos de alguém que parece ser sua namorada (nua em uma das fotos) e músicas em formato MP3”, diz Nobre.

O Inema informou que uma sindicância será aberta para apurar os fatos.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/funcionario-publico-coloca-pirataria-e-pornografia-em-site-do-governo-da-ba.html

 

Cantor Justin Timberlake compra parte da rede social MySpace

Ator interpretou fundador do Napster e sócio do rival Facebook em filme.
Site valia US$ 580 milhões há 6 anos, e foi vendido por US$ 35 milhões.

Justin Timberlake em "A rede social" (Foto: Divulgação) 
Justin Timberlake em 'A rede social': interpretando
sócio de empresa rival (Foto: Divulgação)
O ator e cantor Justin Timberlake será um dos donos da rede social MySpace, cuja venda foi anunciada nesta quarta-feira (29) pela gigante das comunicações News Corporation por US$ 35 milhões. O ex-integrante da boy band 'N Sync terá participação ativa na reorganização do site, que chegou a ser a maior rede social do mundo.
Curiosamente, Timberlake interpretou no filme "A Rede Social" um dos criadores do Napster, Sean Parker, que é sócio do maior rival do MySpace, o Facebook.
Com a venda, a News Corporation deixa de controlar a rede social que adquiriu seis anos atrás por US$ 580 milhões, quando era a mais popular da internet. O valor de mercado caiu bastante devido à popularização da rede social concorrente Facebook. Para levar a rede, o grupo Specific Media gastou cerca de 6% do valor que havia sido pago pela News Corp.
O acordo com a Specific Media, companhia dedicada ao marketing on-line, põe fim a uma das fases menos bem-sucedidas da história da News Corporation, que estava há algum tempo buscando um comprador para o site.
Processo de demissõesA mudança de proprietários provocou nesta quarta-feira o início de um processo de demissões anunciado em janeiro, que afetará cerca da metade dos 500 funcionários do MySpace.

O diretor-executivo da rede social, Mike Jones, anunciou em um memorando interno que abandonaria a empresa nos próximos dois meses.
Há dois anos, quando o Facebook superou o MySpace, este último contava com 1,4 mil funcionários.
A News Corporation adquiriu o MySpace em 2005 num momento em que a rede social tinha 20 milhões de usuários por mês nos EUA e conseguiu elevar esse número para mais de 76 milhões em outubro de 2008, mas o surgimento de novos concorrentes acabou prejudicando o sucesso da rede social.
O site conta ainda com 35 milhões de usuários por mês nos EUA, um número muito inferior aos 157 milhões do Facebook no país, segundo dados da ComScore.
Calcula-se que o MySpace ganhará cerca de US$ 180 milhões em publicidade em 2011, uma quantia quase três vezes menor que os US$ 605 milhões que obteve em seus melhores momentos.
Nos últimos dois anos, a News Corporation buscou concorrer firme com o Facebook, mas saiu derrotada da batalha, o que motivou a redefinição do MySpace em outubro de 2010, tornando-se uma plataforma centrada exclusivamente na promoção de conteúdos audiovisuais e de entretenimento.
A Specific Media, sediada no sul da Califórnia, tem a intenção de fazer o MySpace voltar a ser a rede social que era em sua origem, um site onde os fãs de música possam descobrir novas músicas e bandas

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/cantor-justin-timberlake-compra-parte-da-rede-social-myspace.html

Hackers atacam rede de comunicação da al-Qaeda

Comunicação do grupo pode ficar prejudicada por vários dias.
'Não há canal confiável', diz consultor da al-Qaeda.

A rede terrorista al-Qaeda sofreu um ataque virtual que pode reduzir a capacidade de comunicação do grupo por vários dias, informou nesta quarta-feira (29) a cadeia "MSNBC".
Evan Kohlmann, um consultor privado que há uma década acompanha a al-Qaeda e outras organizações terroristas, advertiu que a comunicação da rede "foi temporariamente danificada".
A organização para a qual trabalha, a Flashpoint Global Partners, detectou que "não há nenhum canal de distribuição confiável disponível na internet".
Kohlmann suspeita que o ataque aconteceu há poucos dias, produzido por hackers "bem coordenados", que utilizaram um "incomum leque de técnicas relativamente sofisticadas". "Acredito que vão levar pelo menos mais vários dias para reparar os danos, restaurar a rede e fazê-la funcionar de novo", disse.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/hackers-atacam-rede-de-comunicacao-da-al-qaeda.html

Justiça do Rio determina que Google implemente segurança do Orkut

Medida quer evitar apologia ao crime na rede social.
Em caso de não cumprimento, multa diária é de R$ 50 mil.

Acesso ao Orkut. (Foto: Reprodução) 
 
Google terá que implementar segurança do Orkut
(Foto: Reprodução)
A 10ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro determinou na terça-feira (28), em ação civil pública do Estado do Rio, que o Google, que administra o site de relacionamentos Orkut, implemente medidas de segurança para evitar apologia ao crime como brigas entre torcidas de futebol e pedofilia. Em caso de não cumprir a determinação, o Google deverá pagar multa diária de R$ 50 mil. Ainda cabe recurso pela empresa.
A determinação, que deve ser implementada dentro de 120 dias, obriga o Google a manter o número IP de criação de qualquer perfil de usuário ou comunidade, além de manter registros periódicos de "log" destas páginas. A determinação ainda pede que a empresa crie e mantenha sistemas que possam identificar a existência de perfis, comunidades ou páginas dedicadas à apologia ao crime e pedofilia. No caso de identificação deste conteúdo, o funcionamento deve ser interrompido imediatamente e o fato comunicado ao Estado, segundo o processo.
A Justiça pede ainda que o Google crie e mantenha sistemas e canais de comunicação que permitam a qualquer usuário, devidamente identificado e que tenha sido diretamente ofendido por conteúdo veiculado em perfis, páginas ou comunidades, requerer a supressão de tal conteúdo, bem como promover campanha midiática a ser realizada na própria página do Orkut.
Em comunicado, a juíza Simone Lopes da Costa, que assinou a decisão, disse que “[a determinação] não retrata qualquer ameaça à liberdade de expressão individual, ao contrário, revela exatamente a tentativa de responsabilizar aqueles que abusam desse direito”.
Procurado pelo G1, o Google afirma, em comunicado, que não foi notificado oficialmente pela justiça e que assim que houver notificação, decidirá se irá recorrer ou não.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/justica-do-rio-determina-que-google-implemente-seguranca-do-orkut.html

 

Apple Store ganha jogo com super herói gay

Lembram do super herói gay do seriado Queer As Folk? Isso não se restringe mais à ficção. A Klicrainbow, empresa que edita e desenvolve softwares para videogames de entretenimento interativos, lançou nesta terça-feira 28, o primeiro jogo envolvendo um super herói gay.
O “SuperGay & the Attack of his Ex-Girlfriends” (SuperGay & o ataque das ex-namoradas) está disponível na Apple Store para iPhone, iPad e iPod Touch por U$ 2,99.
Com 32 níveis, o jogo tem um roteiro próprio e é em formato de desenho animado. Na história, Dr. Tom Palmer é um cientista da empresa Genetic Corp., onde ele trabalha com seu sogro, o Dr. Arnold Himmler, e com sua noiva, a bela Ilsa Himmler.
Sempre ligado à causas sociais, ele desenvolve o projeto de um clone para propósitos humanitários. Entretanto, sem que ele saiba, o sogro e a noiva negociam contratos lucrativos com líderes internacionais, para vender o projeto que pode ter aplicações militares.
Quando o Dr. Palmer descobre a trama dos dois, já é tarde demais. Insatisfeito com os rumos sua vida pessoal e de sua carreira, na qual se sente traído, Tom precisa de uma válvula de escape. É quando ele se dá conta de sua verdadeira natureza e assume sua homossexualidade.
Durante um experimento fracassado, Palmer ganha super poderes e abre as portas para sua última chance. O cara precisa impedir que sua ex-namorada Ilsa tente se vingar, o que pode resultar em uma autêntica guerra nuclear em escala mundial.
Viagem? Loucura? Pelo menos é uma opção, né?! Ou você vai continuar jogando Angry Birds, bee?!

http://paroutudo.com/2011/06/29/supergay-apple-store/

Walcyr Carrasco responde à comparação de Myrian Rios


Nesta terça-feira em seu blog, o escritor Walcyr Carrasco criticou a atriz Myrian Rios, deputada pelo Rio de Janeiro, por seu discurso na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) na última terça-feira. Para Walcyr, a atriz só deixou uma impressão: “Myrian deve ser muito burra”.
Durante o discurso, Myrian falou contra a PEC 23/2007, projeto de lei que impede que empregadores deixem de contratar um empregado por ser gay ou lésbica. A atriz comparou orientação sexual à pedofilia e argumentou dizendo que um funcionário gay poderia assediar seu filho ou uma babá lésbica, as meninas.

http://paroutudo.com/2011/06/29/walcyr-carrasco-responde-a-comparacao-de-myrian-rios-muito-burra/

Parada de Brasília não será realizada no domingo 3


A 14° Parada do Orgulho LGBTS de Brasilia, que foi marcada para ser feita no domingo 3, não será mais realizada nessa data.
A Associação da Parada do Orgulho LGBTS de Brasília informa que o evento teve de ser adiado em virtude da captação de recursos necessários para a realização do ato.
Como a informação de que a parada seria realizada no dia 3 está em vários sites, está havendo muita confusão a esse respeito. A nova data deve ser divulgada nos próximos dias.

http://paroutudo.com/2011/06/29/parada-de-brasilia-nao-sera-realizada-neste-domingo-3/

Gogo baiano é um dos atrativos da Fun Love deste sábado



Depois de ousar com a edição Sexo no mês passado, o produtor Fernando Toledo aproveita o clima restante do mês dos namorados e cria um paradoxo entre sua última festa e a deste sábado 2 de julho, a Fun Love.
Os prazeres da carne dão lugar ao amor: “não somente aquele referente a casais, mas qualquer manifestação desse sentimento”, explica Fernando.
E um dos boys delícia responsáveis por passar esse clima para o público é o gogo baiano Danilo The King. Em 2005 ele foi eleito o melhor gogo dancer de Salvador e recebeu o título de “Rei dos Gogo Boys”, de lá pra cá, o gato é só sucesso e títulos que confirmam o seu talento.
Segundo Fernando Toledo, a intenção da festa é abordar o amor como algo necessário à vida humana. Para isso, estilista italiano Marco Fioramonteos criou máscaras de oxigênio interligadas a um grande coração, que será o centro da festa.
Para ilustrar esse amor nas picapes, os DJs Felipe Lira (Rio de Janeiro) e Grá Ferreira (The Week SP) estarão juntos na cabine pela primeira vez. “O tema da festa não poderia ser melhor para esse encontro entre “mãe e filho”, como carinhosamente os tratamos”, comenta Fernando.
Além de Lira e Grá, o DJ residente André Queiroz recebe Daniel Mendes, da Kinda, para compartilhar a CDJ.
Mas não para por aí. Fernando nos adiantou que as festas de agosto e setembro já estão marcadas e com temas definidos. No dia 27 de agosto rola a sexta edição consecutiva da Fun Pride, festa oficial da Parada Gay de Brasília. Já em setembro, no dia 17 a primavera toma conta da festa com a edição Flower Power.
www.festafun.com.br

Prefeitura homenageira personalidades pró-LGBT

Foi realizada na terça-feira 28, a primeira edição do prêmio Rio Sem Preconceito. A honraria é dada pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual, chefiada por Calos Tufvesson (foto acima), a personalidades que se destacam pela luta em prol da igualdade de direitos. O órgão integra a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Dentre os condecorados, vários famosos. A cantora Preta Gil, o deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ), os novelistas Gilberto Braga e Ricardo Linhares e a modelo Lea T (foto acima) são alguns deles. O prefeito carioca, Eduardo Paes (PMDB) (foto abaixo), esteve presente.

A atriz Christiane Torloni e o cantor Toni Garrido apresentaram a premiação. Ao final, houve show de Bebel Gilberto, que saiu de Nova York e foi ao Rio especialmente para o evento.

http://paroutudo.com/2011/06/29/premio-carioca-homenageia-personalidades-pro-lgbt/

Suposto Fantasma no Farol de Santa Marta

Conteúdo enviado por Jeferson Berbigier Dick a nós através de e-mail:
Olá!
Meu nome é Jeferson, tenho 37 anos de idade e veraneio no Farol de Santa Marta, no município de Laguna/SC .
Passo minhas férias nesse lugar há 3 anos e nunca tinha visto nada parecido.  No local,  existe um farol construído em 1891.
No dia 15 de março avistei algo estranho no alto do farol e realizei a fotografia abaixo.  No dia 29 de março apareceu novamente "aquilo".

Foto do dia 15 de março. O que seria aquilo no Farol?

Foto do dia 29 de março. Novamente "aquilo" aparece
Talvez a Marinha do Brasil possa explicar algo, pois o Farol de Santa Marta é uma área militar.
Talvez essa imagem seja alguma brincadeira dos militares da Marinha que cuidam do farol. Porém acho meio difícil devido ao calor de dentro do compartimento da lâmpada. Essa lâmpada é do tipo incandescente e mede uns 3 metros de altura. Ah... Esse é o segundo maior farol do mundo.
Para mais informações sobre o lugar, segue o site: www.faroldesantamarta.net 
Abraço!!
Jeferson

A ''Loira do Banheiro'' existiu de verdade e era loira de fato

Quem nunca ouviu falar da loira do banheiro em seus tempos de colégio? Pois é, até hoje a lenda persiste em existir e, mesmo atualmente, muitos têm medo da tal loira.

Matéria escrita e enviada por Patrícia Aquila.
Primeiramente preciso me apresentar:
Me chamo Patrícia Aquila. Sou pesquisadora; tenho 38 anos de idade e há 21 anos venho pesquisando a história da vida de Maria Augusta de Oliveira, que ficou conhecida nacionalmente como o "assustador e terrível fantasma" de uma moça loira que aterrorizou durante muito tempo e ainda "aterroriza" a vida e ao mesmo tempo aguça a curiosidade dos alunos nos colégios do nosso Brasil afora.
Quem nunca ouviu falar da loira do banheiro em seus tempos de colégio? Pois é, até hoje a lenda persiste em existir e, mesmo atualmente, muitos têm medo da tal loira.
Eu mesma, enquanto pequena, evitava ir ao banheiro do colégio sozinha, pelo simples pavor de que aquele "fantasma implacável", que estava "sempre à espreita" aparecesse para me assustar ou sei lá mais o quê fazer comigo. Vai saber. Na época preferia evitar. Não sabia a intenção da tal loira mas acreditava na sua existência, apesar de nunca tê-la visto em nenhum dos banheiros dos colégios por onde passei.
Tive a sorte de vê-la pela primeira vez em um lugar bem mais agradável e menos assustador do que um banheiro vazio de colégio. Um jardim, mas essa foi apenas a primeira aparição de Maria Augusta para mim. De uma forma linda e até poética. Vestida à carater, com aquele vestido estilo antigo (século dezenove), levemente inclinada sobre uma rosa, a cheirá-la, no jardim de minha casa, assim que estava chegando do museu onde comecei minha pesquisa sobre ela, bem no seu início.
A imagem que vi me marcou profundamente pela beleza do conjunto e um sentimento muito grande de paz me envolveu. Lembro-me como se fosse agora.
Essa foi apenas a primeira vez que a vi, fora outros acontecimentos “diferentes do comum” que vivi relacionados a ela, no decorrer do tempo, que irei relatar aos poucos nos próximos artigos, à medida que for contando sua verdadeira história.
Mas que muitos colegas meus viram uma tal loira no banheiro do colégio, viram, e relataram que ela gostava mais de aparecer para aqueles que tinham a “coragem” de ir ao banheiro sozinhos. “Covarde” essa loira, heim?
Sou nascida e criada na cidade de Lorena, vizinha à cidade de Guaratinguetá, onde nasceu e viveu Maria Augusta  até a idade aproximada de 14 anos, quando então sua vida tomou outros rumos.
Existe um motivo para o surgimento da lenda que foi criada em torno de sua figura. Esclarecerei aos poucos.
A história dela é muito rica e tenho muita história e História para contar, mas, de antemão posso adiantar: a morte de fato não existe e Maria Augusta é o “fantasma“ mais adorável que já conheci.

Maria Augusta de Oliveira - Na foto ela parece ruiva mas isso já é “outra história”
Até a próxima!

Inglês filma supostos óvnis à luz do dia sobrevoando Londres

Gravação mostra objetos luminosos voando rápido em diferentes direções. Vídeo foi parar no Youtube; origem dos 'ovnis' ainda não foi explicada.
Uma gravação feita no centro de Londres em plena luz do dia tem intrigado os ingleses. Ela mostra supostos óvnis sobrevoando a capital.

Gravação foi postada na internet (Foto: Reprodução/youtube.com)
O vídeo foi postado no Youtube na sexta-feira (24). O que aparentam ser pontos de luz aparecem voando em alta velocidade e em grande altitude, em diferentes direções e repetidas vezes. Depois, um objeto maior, também mais claro, parece surgir de trás de uma nuvem e girar no céu antes de sumir. Veja o vídeo.
"Demorou quase uma semana até que eu conseguisse... Mas finalmente consegui filmá-los durante um dia de céu aberto, e até fiz um close. (...) Alguém pode explicar o que poderiam ser essas luzes, por favor?", diz a descrição do vídeo.
Várias outras pessoas aparecem na rua também observando e até filmando os supostos ovnis, que ainda não tiveram sua origem explicada. Os 'óvnis' já tiveram mais de 66 mil "views" na página de vídeos.

Lobisomem

Bom, quero deixar claro em primeiro lugar que não foi a primeira situação que passei com esse tipo de caso, mas se escrevo ele é porque foi um dos poucos que eu tive mais certeza que não era algo com explicação lógica.
http://1.bp.blogspot.com/_aGPuY8Fqdfw/TDPZWvjd_WI/AAAAAAAAAPs/5E3egI1ZgKg/s1600/howlofthewerewolf.jpg

Isso aconteceu em Minas Gerais, Juiz de Fora.
Era uma noite fria e silenciosa, lua crescente eu acho, quase chegando na cheia. Como cheguei cansada da escola fui dormir mais cedo (estudava a tarde). Por volta das 3 e meia da madrugada acordei com gritos, gritos que eram dos meus tios (meus tios moravam ao lado da minha casa). Preocupada desci para o primeiro andar da minha casa e me deparei com minha mãe na porta, na frente dela empedindo minha passagem. Perguntei o que estava acontecendo e ela disse que de manhã me explicava. Mas como eu não digeri toda aquela situação, abri a porta e fui até a varanda da minha casa. Foi quando vi o portão de 2 metros e meio quebrado, com as correntes que o prendia (por medo de assalto meus tios colocavam correntes, davam duas voltas de corrente no portão) quebradas no chão. Um dos meu tios nesse dia havia adormecido na sala, e ele ainda meio confuso me explicou que ele estava deitado na sala e acordou com um barulho muito alto do impacto do portão quebrando. Quando ele olhou pela porta de vidro havia um 'cão' enorme com um dos meus gatinhos na boca (na época eu tinha 15 gatos). Ele descrevou o cão como negro, muito grande, parecia uma pessoa mas era um 'cão' e que estava de pé. E mesmo assustado ele começou a gritar aos meus outros tios para tentar assustar o 'cão' e ele largar o gatinho. Meu tio não teve coragem de abrir a porta. Por causa dos gritos e batidas na porta que meu tio estava dando, este animal ficou de quatro, largou o gatinho e saiu correndo.
Meu tio estava me contando isso na varanda, minha mãe chegou e começou a insistir que eu fosse para dentro de casa. Eu estava nervosa, comecei a discutir com minha mãe, eu não aceitava que ela estivesse com tanto medo, tentando me privar de tal acontecido. Nessa hora o cachorro do meu vizinho começou a rosnar para a direção minha e da minha mãe, mas creio que não tenha sido pra gente, porque ele nos conhecia a muito tempo e nos adorava. Atrás da minha casa havia uma mata com uma trilha, ou seja, atras da varanda que eu estava. O cachorro estava rosnando para algo que estava na mata. Me calei, olhei pra minha mãe e fui para dentro de casa.
Bom, no dia seguinte vi que o gatinho não havia sobrevivido e o portão ficou danificado. Não sei o que era aquilo, mas algo normal não foi.

Sem lei específica, Brasil discute cibercrimes há 20 anos, diz advogado

Projeto de lei quer criminalizar acesso indevido a dados e sistemas.
Cercado de polêmicas, sua aprovação ainda em 2011 é incerta.

Eduardo Azeredo (PSDB-MG) (Foto: Brizza Cavalcante/Agência Câmara) 
Eduardo Azeredo (PSDB-MG) quer recolocar projeto
de lei em discussão (Foto: Brizza
Cavalcante/Agência Câmara)
Os ataques hackers que ocorrem desde a quarta-feira (22) ressuscitaram discussões sobre projetos de lei que criminalizam práticas como os ataques que sobrecarregam sites (negação de serviço), a invasão, pichação de sites ou roubo de dados.
O Brasil não tem uma lei específica sobre o tema. O primeiro projeto relacionado a cibercrimes proposto no Brasil data de 1991 e foi apresentado no Senado. Esse projeto parou na Câmara dos Deputados, onde foi abandonado.
O projeto mais discutido, o PL 84/99, tramita desde 1999 e ainda enfrenta polêmicas e resistência. O deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) planeja colocá-lo de volta à pauta da Câmara nesta quarta-feira (29), depois de dois anos de quase esquecimento.
O G1 conversou com o advogado especializado em tecnologia Omar Kaminski, do site Internet Legal, para identificar a trajetória do PL 84/99, um resumo das propostas e as críticas que ele recebe.
ITEM DA PROPOSTA
CRÍTICAS
Defesa Digital: buscava proteger especialistas de segurança que lidavam com pesquisas ou com investigações internas, e que às vezes precisam lidar com código malicioso ou realizar interceptação de dados para análise de ataque.
O uso do termo “resposta a ataque” gerou críticas afirmando que a proposta daria brecha para “contra-ataques” virtuais. A proposta caiu.
Cadastro de usuários: o projeto de lei prevê que provedores cadastrem seus usuários.
A lei poderia se estender para acessos como cibercafés, trazendo obstáculos à inclusão digital. A proposta caiu.
Registros de conexão: o projeto busca obrigar provedores a manterem os chamados “logs de conexão” por três anos.
A crítica julgou o termo vago, dando a entender que os provedores deveriam armazenar o conteúdo da comunicação. Há ainda quem ache excessivo o prazo de 3 anos. Ainda se tem incerteza quanto aos acessos em redes sem fio públicas.
Repasse de denúncias: o provedor seria obrigado a repassar denúncias que recebesse de crimes.
O artigo foi chamado de “provedor dedo-duro”. O último parecer do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) sugere que a Câmara retire a proposta.
Proibir acesso não autorizado: projeto busca criminalizar o acesso não autorizado a um sistema.
Houve um entendimento de que a lei poderia ser aplicada para proibir, por exemplo, o desbloqueio de celulares, de videogames e de mecanismos antipirataria, reduzindo a liberdade do proprietário para com seu próprio hardware.
Penas: variam de 1 a 6 anos de reclusão e multa.
Em muitos casos, o “hacker” condenado iria incorrer em mais de um ato criminoso (como formação de quadrilha), resultando em penas muito severas e desproporcionais aos crimes.
Tipos penaisO texto do relator Azeredo estabelece 10 tipos penais relacionados a crimes cometidos com o uso da internet. São eles: “Acesso não autorizado a sistema informatizado; obtenção, transferência ou fornecimento não autorizado de dado ou informação; divulgação ou utilização indevida de informações e dados pessoais; dano (a dado eletrônico alheio); inserção ou difusão de código malicioso; estelionato eletrônico; atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública; interrupção ou perturbação de serviço telegráfico,telefônico, informático, telemático ou sistema informatizado; falsificação de dado eletrônico ou documento público; e falsificação de dado eletrônico ou documento particular.”
Direitos são debatidos no Marco Civil
Além da discussão sobre a criminalização de práticas irregulares no uso do internet atualmente em debate no Congresso, o governo também procura chegar à redação final de um anteprojeto de lei civil para a internet, que busca definir responsabilidades e direitos básicos dos cidadãos na web.
Batizado de "Marco Civil da Internet" o projeto é uma proposta do Ministério da Justiça que foi aberta para consulta pública e recebeu, em 2010, mais de duas mil contribuições populares para o texto final. A proposta do Marco Civil congelou temporariamente a discussão do PL 84/99, pois parlamentares de diferentes partidos concordaram que ele seria complementar à lei criminal. O texto do Marco ainda será avaliado pelos deputados.
Confira abaixo uma linha do tempo com as principais pontos e polêmicas da trajetória da discussão sobre crimes virtuais no Congresso Nacional.
Linha do tempo da tramitação dos projetos de lei
1991 –
Maurício Correa (PDT/DF) apresenta no Senado Federal o que é considerado o primeiro projeto de cibercrimes. Ele foi aprovado em 1993 e foi enviada para aprovação da Câmara dos Deputados, onde foi abandonado.

1996 – O deputado Cássio Cunha Lima (PMDB-PB) apresenta projeto de lei que busca penalizar a invasão de sistemas.
1999 – Luiz Piauhylino (PSDB-PE) se inspira no projeto de 1996 e apresenta o PL 84/99, embrião do que está em discussão atualmente. O projeto foi aprovado na Câmara em 2003.
2003-2008 – O projeto é discutido no Senado como PLS 89/2003, com Eduardo Azeredo (PSDB-MG) como relator – o que originou seu apelido de “PL Azeredo” e a polêmica, com a circulação de várias versões do projeto. A redação de Azeredo, porém, foi complementada por Aloízio Mercadante (PT-SP). Entre algumas propostas que foram incluídas e retiradas do projeto está a que previa o cadastro de todos os usuários pelos provedores de internet e o conceito de Defesa Digital, que buscava proteger especialistas de segurança, mas que não foi entendido dessa forma pelos críticos.
É o período em que o projeto enfrenta maior resistência, com o surgimento de campanhas como o “Mega Não!”, uma petição on-line com mais de 100 mil assinaturas e tentativas de equiparar o projeto ao Ato Institucional 5, a medida da ditadura que deu total controle do país aos militares. O projeto, segundo os críticos, seria um “AI-5 Digital”. Outras críticas mais brandas pediam que, pelo menos, uma lei civil fosse votada antes de uma lei penal, dando origem ao Marco Civil da Internet.
2008 – Aprovado pelo Senado, o projeto volta para a Câmara dos Deputados, que nesta fase da tramitação deve apenas fazer revisões mínimas ao projeto. O deputado Julio Semeghini (PSDB-SP) apresenta pedido de urgência na tramitação antes mesmo do projeto chegar na Câmara. São realizadas audiências públicas para discutir novamente o projeto. As audiências contaram com apresentações do Comitê Gestor da Internet (CGI.br), Polícia Federal, dos provedores da internet. As audiências tiveram também manifestações contrárias ao projeto.
2009-2010 – Após o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmar que o projeto “é censura” e muitas manifestações contrárias, o projeto não voltou a ser colocado na pauta da Câmara. Deputados concordaram que o Marco Civil deveria tramitar na Câmara junto com o projeto de cibercrime e que eles eram complementares. Iniciou-se um período de espera.
2011 – Depois de ataques hackers aos sites do governo e do Senado, o agora deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) coloca o projeto novamente para votação, prevista para esta quarta-feira (29). No entanto, o projeto chegou mais uma vez reduzido. Foi removida a disposição que obrigava provedores a repassarem denúncias, e o projeto ficou menos abrangente com a remoção de termos como “redes de computadores” e “dispositivos de comunicação”, ficando apenas crimes envolvendo “sistemas informatizados”. O projeto precisa passar por quatro comissões antes de ir à plenário (votação final). Depois, ainda precisa ser sancionado pela presidente, que pode vetá-lo de forma integral ou parcial.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/06/sem-lei-especifica-brasil-discute-cibercrimes-ha-20-anos-diz-advogado.html

Stephen Dorff todo sarado no novo cartaz de “Immortals”!


O ator Stephen Dorff está assim no novo cartaz divulgado do filme “Immortals”, que mostra os deuses gregos como jovens e bem sarados.
Aliás, o longa também tem os bonitões Kellan Lutz e Henry Cavill no elenco. Ou seja, imperdível!
Stephen Dorff sem camisa é sempre um motivo. Quer lembrar por quê?



Para saber tudinho de “Immortals”, clique aqui.

http://papelpop.com/hot/2011/06/stephen-dorff-todo-sarado-no-novo-cartaz-de-immortals/

Menino com rosto peludo ganha cirurgia gratuita



O chinês An Qi, de 8 anos, está perto de se ver livre dos cabelos que cobrem quase a metade de seu rosto. É que o menino nasceu com uma grande marca de nascença e, conforme ele foi crescendo, começaram a surgir pelos no local. An, que vive na província de Jilin e é criado pelos avós, já sofreu muito por causa do problema, que agora vai ser resolvido graças aos médicos do hospital Min Yi, em Changchun, que vão operá-lo de graça. Como o caso é bastante raro, a cirurgia será feita em partes. Mas os especialistas garantem que, em breve, o garoto terá um rosto novinho em folha.
- Desde muito jovem ele tenta cobrir o rosto com as mãos o tempo todo. Ele não gostava de ir para o berçário porque as outras crianças o chamavam de macaco ou de menino cabeludo - contou o avô de An, Fan Jingzue, segundo o site “Orange News”.

http://extra.globo.com/noticias/bizarro/menino-com-rosto-peludo-ganha-cirurgia-gratuita-2128993.html
-->