Facebook exibe première do filme Alice


O Facebook transmitiu nesta quinta-feira, 25, a première em tempo real do filme “Alice no País das Maravilhas”, que tem como grande estrela o ator Johnny Depp, além de Anne Hathaway e Helena Bonham Carter.

A transmissão feita diretamente dos Estados Unidos mostrou alguns bastidores e entrevistas coletivas dos envolvidos no filme, que é uma das produções mais aguardadas para este ano. É a primeira vez que o Facebook participa de uma ação como essa.

O filme, dirigido por Tim Burton, deve estrear no Brasil em abril – nos EUA entrará em cartaz no dia 5 de março. Os usuários puderam conferir a transmissão por meio deste site AQUI. Foi aberta a possibilidade fazer e ler comentários sobre o vídeo.

Microsoft se livra de mais um processo


A Microsoft se livrou de mais um processo movido por uma consumidora da Califórnia, nos Estados Unidos. Emma Alvarado acusava a companhia de cobrar uma taxa por um downgrade do sistema operacional Vista para o XP em seu notebook novo. A prática viola as leis de proteção ao consumidor vigentes no Estado de Washington.

Segundo a americana, a cobrança para a troca de plataforma era de US$ 59,25. No entanto, a juíza do caso, Marsha Pechman, rejeitou os argumentos relatados pela consumidora.

O veredicto indica que Emma não conseguiu provar que a Microsoft tenha se beneficiado de alguma forma, já que nenhum valor foi pago para fazer o downgrade. A ação teve início em fevereiro de 2009.

Novo Skype permite acesso à internet


Liberada ontem, 25/02, a nova versão do Skype para Windows. O modelo 4.2 do programa chega com melhorias, entre elas o aperfeiçoamento da qualidade da chamada, facilidades na importação de contatos, correção de bugs, e possibilidade de estabelecer conversas de vídeo em alta definição.

Entre todos os avanços do software, o que ganhou maior destaque é o Skype Access, ferramenta que permite que o usuário se conecte à internet a partir de mais de 100 mil pontos de Wi-Fi do mundo. O pagamento do uso do serviço é feito por meio dos créditos das contas do Skype. Até então, a facilidade só estava disponível nas versões beta do software lançadas em dezembro do ano passado.

Para acessar o serviço não é necessário assinatura, nem pagamento mínimo. O usuário deve apenas se conectar em um ponto de acesso cadastrado e abrir o programa para checar se o Access está disponível. De acordo com a tabela de preços, cada minuto de conexão custa R$0,43 (sem impostos).

Até o momento, o novo Skype está disponível apenas para computadores com Windows.

Belos tombos nas passarelas da semana de moda de NY e no resto do mundo

Se você acha que levar um tombo no meio da escola, na rua ou na balada é pagar mico, é porque você não é modelo – pessoas especializadas em andar de salto alto na passarela -, e, não caíu na frente de milhões de fotógrafos.

Imagina só, um pit de fotógrafos de uma semana de moda é mais ou menos assim ó:

pitfotografos

Durante o desfile de Marc Jacobs, que aconteceu na madrugada desta terça-feira durante a semana de moda de Nova York, foi Mathilde Frachon quem levou o tombo e esteve em muuuuuuuuuuitos sites de moda mundo a fora.

tombo 1

No dia 12, quem caíu sob os flashes foi a top Agyness Deyn, que já esteve até aqui no Brasil desfilando para a Ellus, além de ser super comparada com a Kate Moss. Aliás, para mostrar que cair é muito mais comum do que pensamos, ela tomou dois tombos na mesma entrada.

tombo 2tombo 2b

Naomi Campbell, uma das tops, mais tops do mundo, já teve seu tombo ícone durante um dos desfiles da Vivienne Westwood. Ok, ela leva um desconto pelo tamanho da plataforma.

naomi_campbell_retiring

Mais tombos:

tombo 3
No desfile de Juliana Jabour no Fashion Rio

FASHION HERVE LEGER
No desfile da Herve Leger by Max Azria em NY

Não perca esse vídeo sobre tombos nas passarelas. Se você não conseguir visualizar o player clique aqui.

Se até modelo de passarela, especializadas em andar com salto altíssimo, fazer a bonita e ainda com passos elegantes, vamos combinar, que eu tenho o direito de cair de maduro em qualquer lugar não arriscado, vai?


Zac Efron está aprendendo a surfar


Astro participa de evento de caridade na Austrália

Zac Efron deu uma sumidinha da mídia, mas reapareceu em ótima forma. Literalmente. O gato foi flagrado em Sydney, na Austrália, curtindo algumas aulinhas de surf.

Zac foi para o país no último dia 14, o Dia dos Namorados (ou Valentine's Day) nos EUA, ao lado de sua namorada, a estrela Vanessa Hudgens. Na viagem, Zac aproveitou para participar de um programa chamado "Oakley's Learn to Ride", em Bondi Beach, na tarde de ontem.

O "Learn to Ride" é um evento de caridade que serve para arrecadar dinheiro para a fundação OneSight, que ajuda pessoas carentes ao redor do mundo.


Assista a "Alice", o novo clipe de Avril Lavigne

A música foi gravada para o filme "Alice no País das Maravilhas", de Tim Burton

Sim, 2010 é o ano dela. Finalmente, Avril Lavigne está de volta, com "Alice", música tema do filme "Alice no País das Maravilhas", que tem estreia marcada para abril deste ano e é assinado pelo cultuado diretor Tim Burton.

Para promover a música e o filme, Avril gravou um clipe para no qual encarna a personagem Alice. No meio de uma floresta, a canadense cai em um buraco, onde é transportada para o 'país das maravilhas'. No clipe, Johnny Depp aparece como o Chapeleiro Maluco.

Assista abaixo:


Entrevista com Ray Kay, diretor do clipe "Baby", do Justin Bieber

O astro lançou o vídeo esta semana; equipe do Justin Bieber Brasil entrevistou o diretor

Ok, estamos totalmente viciados nesta nova música do Justin Bieber, "Baby". Além de ter aquele refrão chiclete que a gente adora, o cara arrebenta no clipe.

Assista abaixo e comente lá no nosso Twitter o que achou:

Aproveitando, a equipe do site Justin Bieber Brasil conseguiu uma entrevista exclusiva com Ray Kay, o diretor do clipe que você viu aí em cima. Leia abaixo a entrevista na íntegra e clique aqui para acessar o site Justin Bieber Brasil e ler mais novidades sobre o astro teen mais querido da atualidade.

JBBR: Há quanto tempo você é Diretor? Como você iniciou a sua carreira?

Ray Kay: Eu trabalho como diretor há 15 anos. Eu comecei no país em que nasci, na Noruega. Na época, eu trabalhava fazendo projetos para a TV, e em 2002 eu comecei a produzir pequenos vídeos clipes das bandas locais. Foi muito divertido e eu era muito apaixonado pelo que estava fazendo, então foi fácil me dedicar e começar a produzir grandes vídeos clipes. Fazem 6 anos que eu me mudei para os Estados Unidos e desde então eu trabalho com isso em tempo integral.

JBBR: Como foi a primeira vez que você encontrou com JBieber? Vocês já haviam trabalhado juntos antes?

Ray Kay: Nós nunca trabalhamos juntos antes de "Baby", eu o encontrei pela primeira vez nos estúdios de gravação. Ele é um artista muito ocupado.

JBBR: Quais vídeos clipes você já dirigiu antes de "Baby"?

Ray Kay: Já trabalhei com Lady Gaga, Beyoncé, Enrique Iglesias, Adam Lambert, Diddy, Amerie, Sean Paul, Destiny's Child, Christina Milian, The Dream, Backstreet Boys, Ciara, Cassie, Nick Lachey, Mario, Trick Daddy, Snoop Dogg, Lil'Jon, Ghostface and Mel C (Spice Girls), entre outros.

JBBR: Como foi trabalhar ao lado de Justin Bieber?

Ray Kay: Nós nos divertimos muito! Justin tem muita personalidade e carisma. Ás vezes entre as gravações, Justin pegava o microfone e começava a cantar para entreter todos os que estavam no Set. Nós dávamos muita risada, Justin é super divertido.

JBBR: Como a garota de "Baby" foi escolhida?

Ray Kay: Não sei exatamente, porque quem escolheu a garota foi a gravadora de Justin Bieber.

JBBR: Qual é a história do clipe? Que lado do Justin, você tentou mostrar para os fãs?

Ray Kay: Meu objetivo com o vídeo de 'Baby' é elevar o Justin para o próximo nível, e mostrar que ele está crescido agora. Ele é uma verdadeira estrela, e irá mostrar isso em seu vídeo.

JBBR: Você conhecia o trabalho de Justin antes de ter sido convidado para digirir o seu quarto vídeo?

Ray Kay: Eu ouvi falar sobre ele, mas fiquei bem impressionado quando eu fiz a minha pesquisa e aprendi mais sobre ele.

JBBR: O Justin atua tão bem quanto canta?

Ray Kay: Sim, ele é multi-talentoso! Ele pode cantar, dançar, atuar... e até mesmo fazer rap!

JBBR: Como você define Justin?

Ray Kay: Ele é uma estrela.

JBBR: Você pode nos contar alguma novidade de 'Baby'?

Ray Kay: Nós ainda estamos trabalho com a pós-produção do vídeo, mas ele estará pronto muito em breve. Eu realmente espero que todos gostem. Isso é só uma prévia e eu me sinto confiante. O vídeo será um sucesso.

JBBR: O Justin realmente beijou a menina?

Ray Kay: Infelizmente, eu não posso responder essa pergunta. (risos)

(Entrevista por Mariane Freitas. Tradução de Nicole Nunes e Mariane Freitas)


Copa do Mundo vira ameaça na web

De acordo com avaliações da Symantec, as fraudes relacionadas à Copa do Mundo podem ser as principais ameaças para 2010.

A maioria das tentativas de ataque e invasão começa com mensagens que atraem a atenção dos usuários com ofertas teoricamente imperdíveis, vídeos curiosos e links para notícias falsas. Ao acessar esse conteúdo, a vítima contrai vírus, malware e outras pragas que podem roubar seus dados pessoais e bancários.

Paul Wood, analista sênior do Symantec Hosted Services, afirma que durante os eventos esportivos de grande escala, há um aumento sensível no número de ameaças virtuais.

“Os ataques do tipo phishing aumentaram em 66% durante a Olimpíada de Pequim em 2008. O fato de duas empresas do ramo de cabos submarinos de comunicações terem chegado à África do Sul em julho de 2009 agrava ainda mais a ameaça; a atividade maliciosa costuma aumentar consideravelmente em países após com maior penetração de banda larga”, comenta.

Para auxiliar os usuários, a empresa disponibilizou o site 2010 Net Threat com com informações, comentários, dicas de segurança e links úteis.

LinkedIn registra 60 milhões de usuários

A rede social LinkedIn registrou na última quinta-feira, 11, a marca de 60 milhões de usuários em todo o mundo.

De acordo com o portal voltado para relacionamentos profissionais, o serviço ganhou aproximadamente 5 milhões de novos adeptos de dezembro do ano passado até ontem, publicou o jornal The Washington Post..

Sediada nos Estados Unidos, a rede social possui cerca de metade dos internautas estrangeiros. Para conseguir mais usuários, a empresa deve abrir operação física em países como Holanda e Índia.

Google anuncia modificações no Buzz

Após receber queixas dos internautas sobre a falta de proteção da confidencialidade de sua correspondência, o Google anunciou que irá fazer modificações em seu serviço de rede social Buzz.

Por padrão, o sistema torna públicos todos os nomes na sua lista de seguidos e seguidores, o que pode não ser viável para muitos usuários que não querem ter todos os seus contatos de e-mail abertos. Em redes como o Twitter e Facebook, só as pessoas selecionadas aparecem na listas.

Lançado na terça-feira, dia 09, o Buzz tem recebido várias criticas sobre a questão ao que o Google respondeu garantindo mudanças no serviço com a aplicação de uma opção mais visível para não mostrar no perfil do usuário a lista de quem ele segue ou a de seus seguidores.

O buscador anunciou também que incluirá a possibilidade de bloquear os seguidores.

Hairspray Inside the recording Booth


HAIRSPRAY Official Trailer


CEO da Sun anuncia demissão pelo Twitter


Jonathan Schwartz, CEO da Sun Microsystems, utilizou seu perfil no Twitter para anunciar que se desligará da empresa, nesta quinta-feira, 04.

“Hoje é meu ultimo dia na Sun. Sentirei saudades. Parece apropriado encerrar com um #haiku", twittou fazendo referência aos poemas japoneses de três frases.

Os versos “Financial crisis/ Stalled too many customers/ CEO no more” fez o executivo ganhar destaque na rede de microblog e virar trending topic mundial.

O “New York Times” ressaltou que Schwartz é o primeiro dos 200 executivos da lista da Fortune a usar o Twitter para anunciar sua demissão.

Defensor da Web 2.0, Schwartz foi o primeiro CEO de uma grande empresa a utilizar o formato de blog para anunciar as suas posições e comentários sobre as questões do setor, de acordo com a “Information Week”








Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

Google Tablet: Reveladas as prováveis imagens


Após o lançamento do iPad da Apple, a Google está planejando um aparelho rival para a sua concorrente. Após um vídeo publicado na internet de um engenheiro da companhia mostrando um protótipo de computador rodando o Chrome OS as especulações sobre o tablet da empresa aumentaram.

As imagens foram divulgadas no site Chromium, onde se reúne a comunidade e os desenvolvedores da plataforma open source do Google. O vídeo mostra um modelo do que poderia ser a interface de um tablet da empresa, funcionando com o sistema operacional criado pela multinacional.

O designer Glen Murphy publicou uma página sobre o que seria o projeto de tablet da gigante de internet, com algumas especificações futuras da prancheta digital: tela sensível ao toque, permitindo ao usuário arrastar e alterar o tamanho de abas e janelas, além de manipular aplicativos diversos.

Ainda de acordo com a página, o produto apresentado é apenas “um conceito em desenvolvimento e está sujeito a mudanças”.

Veja abaixo o vídeo demonstrativo do tablet:









Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina



Firefox mobile: Mozilla anuncia versão móvel do browser



A Mozilla anunciou no sábado, 30, o lançamento de seu navegador para celulares, o Firefox Mobile 1.0.

O aplicativo foi desenvolvido em parceria com a Nokia, e chegará primeiro ao sistema operacional Maemo no novo N900.

Segundo o blog da Mozilla, este será o primeiro navegador móvel a suportar add-ons, terá suporte a Flash e poderá integrar todas as informações, histórico e dados de navegação do usuário entre seu PC e celular, através da ferramenta Wave Sync.

O Weave Sync é um dos 40 complementos que também já estão disponíveis para os usuários, como um bloqueador de popups e o TwitterBar, que permite publicar mensagens no microblog por meio da barra de endereços.

Há também um complemento para assistir a vídeos no YouTube, visto que a companhia removeu o suporte ao Flash no último minuto devido a problemas com o desempenho.

Se você não é proprietário de um N900, não tema: a Mozilla informou que está a desenvolver a aplicação para outras plataformas como o Android. Porém se você possuir um BlackBerry ou iPhone o novo mobile browser vai demorar para surgir para estes modelos.

O navegador, por enquanto exclusivo ao N900, está disponível em 30 idiomas, incluindo o português, e pode ser baixado em firefox.com/mobile.







Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

Brasil é um dos países mais vulneráveis a ciberataques








Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina



Em uma comparação feita entre 14 países, um estudo colocou o Brasil como o país que menos atualiza seus programas de defesa contra hackers e o que mais sofre chamados ataques de negação de serviço (DDoS, na sigla em inglês) - aqueles em que invasores sobrecarregam um sistema para tirá-lo do ar.

O relatório "No Fogo Cruzado: As infra-estruturas essenciais na era da guerra cibernética" foi produzido pelo Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS, na sigla em inglês), em parceria com a fabricante de antivírus para computador McAfee.

Os pesquisadores entrevistaram 600 diretores de segurança da informação de 14 países, incluindo entre outros Estados Unidos, China, Grã-Bretanha, Índia e Rússia.

Os consultados atuam em empresas de setores financeiro, energético, de recursos naturais, telecomunicações, transportes, químico, alimentício e de serviços públicos. Dentre os brasileiros ouvidos, 65% disseram que as leis do país não são adequadas para combater crimes virtuais. Mais de 60% acreditam que o Brasil sofrerá nos próximos dois anos um ataque cibernético que afetará seriamente algum de seus serviços essenciais, como fornecimento de energia.

Vulnerabilidade brasileira
O relatório remete ao caso do apagão elétrico no Brasil no ano passado. "Em novembro de 2009, houve reportagens na mídia dos Estados Unidos dizendo que duas interrupções no fornecimento de energia no Brasil em 2005 e 2007 haviam sido causadas por hackers, talvez como parte de um esquema de extorsão", cita o texto.

Dias depois da publicação dessas notícias, 18 Estados brasileiros ficaram sem energia. Uma das hipóteses para explicar o incidente foi um ataque de hackers que teria desligado a usina de Itaipu.

Em abril do ano passado, a companhia Telefonica também citou uma invasão de seus sistemas como justificativa para os graves problemas que seu serviço de internet rápida vinha apresentando no Brasil.

Segundo a pesquisa do CSIS, quase 80% dos brasileiros ouvidos revelaram sofrer ataques recorrentes de negação de serviço. Nenhum outro país apresentou percentual tão elevado.

Em um índice de segurança contra ataques cibernéticos - em que 100% indica a máxima segurança possível - o Brasil ficou com 40%, um dos cinco piores resultados.

Também de acordo com o relatório, ao lado da Espanha, o Brasil é o país que menos criou restrições ao uso de pendrives. Esses aparelhos de transporte de dados são descritos pela pesquisa como uma ameaça, porque podem transmitir vírus e serem usados para roubo de dados.

Paranorama global

Mais da metade dos entrevistados disse que sofre constantes ataques de negação de serviço e roubo de dados.

A informação mais surpreendente do estudo é a de que 59% dos ouvidos acreditam que os autores desses ataques podem ser governos estrangeiros. Os Estados Unidos e a China, com 36% e 33% respectivamente, foram apontados como as maiores ameaças nesse sentido.

O resultado do estudo coincide com as acusações de que autoridades chinesas teriam atacado o site de buscas Google.

O tema foi discutido durante o Fórum Econômico Mundial, na semana passada. O chefe da agência de telecomunicações da ONU, Hamadoun Touré, defendeu que o mundo precisa de um tratado internacional sobre o assunto para impedir uma guerra cibernética.

"Uma ciberguerra seria pior que um tsunami, uma catástrofe (...)", declarou Touré.

Fonte: BBC Brasil

Facebook reescreve PHP e pode estar desenvolvendo compilador para a linguagem








Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina



De acordo com o site site SDTimes, o Facebook teria reescrito seu código PHP do zero. Além disso, a rede social estaria desenvolvendo, juntamente com a equipe central do PHP, um compilador para o código.

Alex Handy, o autor da matéria, revelou que há uma semana a equipe do PHP esteve no campus do Facebook para assinar um termo de confidencialidade. Depois disso, foram revelados detalhes do projeto.

A reescrita do código teria levado mais de um ano e foi feita por uma "equipe de um homem só". O objetivo da iniciativa é melhorar a velocidade dos aplicativos da rede social.

O Facebook deve tonar pública a novidade amanhã, quando é esperado que o projeto seja disponibilizado para o público sob uma licença de código aberto.

E-commerce ganha a confiança de 86,3%








Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina



As lojas eletrônicas brasileiras foram consideradas confiáveis por 86,3% das pessoas que fizeram compras pela Internet em 2009.

A constatação foi divulgada pelo e-Bit em seu Índice de Confiança do e- consumidor nesta quarta-feira, 03.

Para o estudo, foram coletados mais de 1,4 milhão de questionários, entre janeiro e dezembro do ano passado, e a média de satisfação revelada pelos pesquisados com o desempenho das lojas ficou em 86,3%.

Somente no mês de dezembro foram coletados pela e-bit 150.998 mil questionários entre os dias 1 e 31. O índice específico do mês do Natal ficou em 85,98% de satisfação.

De acordo com a e-bit, foram movimentados R$ 1,6 bilhão no período de 15/11 a 24/12 em vendas de bens de consumo. Esse valor representa um aumento de 28% em relação ao mesmo período de 2008, quando o faturamento para a data sazonal foi de R$ 1,25 bilhão.

Twitter solicita troca de senhas por segurança


O Twitter publicou nesta terça-feira (2) um post em seu blog oficial pedindo para que os usuários do microblog troquem o mais rápido possível suas senhas como medida de segurança.

De acordo com o texto do site, a equipe percebeu o aumento de seguidores de algumas contas de forma muito rápida nos últimos cinco dias. A partir daí, o site decidiu reforçar e obrigar a redefinição das senhas dos seguidores de alguns usuários suspeitos.

A nota do blog oficial afirmou ainda que cibercriminosos encontraram brechas de segurança em sites de torrent ( arquivos com atalhos para downloads compartilhados através de programas como o Azureus ou Utorrent) para roubar dados cadastrais de internautas que utilizavam serviços de todos os tipos, inclusive o Twitter.

A equipe sugeriu ainda que os usuários coloquem senhas diferentes para cada serviço de internet e ofereceu uma página com informações sobre como manter a conta mais segura.





Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latin

Brasil inaugura sua primeira fábrica de circuitos integrados



Criado em 2008, o Ceitec é uma empresa pública federal ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), que tem como objetivo o desenvolvimento da indústria eletrônica nacional por meio da implantação de semicondutores. A empresa tem duas unidades: a fabril, que hoje é a única fábrica comercial de circuitos integrados no País e na América Latina, e um centro de pesquisa e desenvolvimento.

Os engenheiros já desenvolveram projetos comerciais de grande complexidade, como o chip de modulação para o sistema brasileiro de TV Digital (ISDB-T), o chip de identificação por radiofrequência para colocação em animais voltado para rastreabilidade bovina (Chip do Boi) e uma família de circuitos integrados de utilização na identificação eletrônica de bagagens, automóveis e medicamentos.

O Chip do Boi está em fase de testes de campo em 10 mil cabeças de gado e, em breve, deve ser comercializado.

Este ano, o Ceitec prevê contratar 120 engenheiros, incluindo mestres, doutores, profissionais com experiência na indústria de semicondutores e recém-formados. A fábrica deve empregar cerca de 40 profissionais altamente especializados.

A indústria eletroeletrônica representa o maior setor industrial nas economias avançadas. Este ano, mais de 12% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial serão gerados por este setor, de acordo com a Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômicos (OCDE). No Brasil, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a indústria eletro-eletrônica representava 4,3% do PIB, em 2008.

INDÚSTRIA ELETROELETRÔNICA GANHA IMPULSO

O setor de microeletrônica do País ganha outro impulso hoje (5/2), com a inauguração da fábrica de circuitos integrados do Centro de Excelência e Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), em Porto Alegre (RS).

A empresa pública federal já tem um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (Design Center) com a atuação de engenheiros altamente qualificados e, agora, passa a ter condições de produzir inovações em grande volume e escala comercial. É a primeira empresa da América Latina especializada da no desenvolvimento e produção de chips (circuito eletrônico miniaturizado composto principalmente por dispositivos semicondutores).

A estatal, vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), foi criada por decreto presidencial em novembro de 2008. O investimento do governo tem o objetivo de desenvolver a indústria de semicondutores, atraindo novos fabricantes, gerando as condições para a consolidação da indústria microeletrônica avançada no País. Além da receita gerada pela comercialização de chips, a Ceitec tem papel importante ao manter no Brasil a propriedade intelectual de todos os produtos desenvolvidos pelos seus engenheiros.

Os dados consolidados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica mostram ainda que o déficit da balança comercial de produtos do setor eletroeletrônico foi de US$ 17,5 bilhões, em 2009, superando as previsões anteriores de US$ 16,8 bilhões. Para este ano, a previsão é que o déficit atinja US$ 19,5 milhões. Grande parte deste déficit resulta da reduzida fabricação no País de semicondutores e do alto volume de importações para atender a demanda por produtos eletroeletrônicos.

As exportações brasileiras decorrente da produção de componentes discretos e do encapsulamento, montagem final e testes de componentes semicondutores, em geral de baixa complexidade, cresceram 50% entre 2000 e 2008, passando de US$ 50 milhões em 2000 para US$ 76 milhões em 2008, retornando ao patamar de US$ 57 milhões em 2009. As importações, por sua vez, cresceram 94,1% no mesmo período (média superior a 8% ao ano). Em 2000, eram de US$ 2 bilhões, chegando a US$ 4 bilhões em 2008 e US$ 3,2 bilhões em 2009.

O déficit nacional em componentes semicondutores também tem crescido, em decorrência da pequena produção e do crescente aumento no uso de circuitos integrados na indústria eletroeletrônica. A relevância dos componentes semicondutores para o setor eletroeletrônico, não só como insumo, mas também como agente indutor de inovações, motivou a inclusão do tema entre as prioridades nos planos e programas do governo Federal.

INVESTIMENTO

Só o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) investiu quase R$ 500 milhões em ações e projetos voltados ao setor de microeletrônica no período de 2002 a 2009. Na avaliação do ministro Sergio Rezende, o Ceitec é estratégico para o incremento da economia nacional. "Estamos pegando o bonde da microeletrônica que, por muito tempo, foi esquecido. Representa a volta do Brasil à indústria da microeletrônica", afirmou.

A implementação e a operação do Ceitec é uma das linhas de ação e das medidas previstas na Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE), em 2004. A partir de 2007, passou a integrar o Plano de Ação em Ciência Tecnologia e Inovação 2007-2010 (PAC,T&I) e, logo em seguida, foi incorporada no Programa de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), lançado em 2008.

CENTROS DE TREINAMENTOS

No País, existem hoje dois centros de treinamentos na área de microeletrônica. Um na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e outro em Campinas (SP), no Centro Nacional de Tecnologia (CNT) - ex-Centro de Pesquisa Renato Archer (CenPRA). Essas ações estão inseridas no Plano de Ação de Ciência, Tecnologia e Inovação (PAC,T&I 2007-2010). Os investimentos públicos no setor devem chegar a R$ 500 milhões. O financiamento destas ações visa ao fomento tecnológico das indústrias de eletrônica e de semicondutores, do setor softwares e serviços, bem como, o de telecomunicações.

O programa CI Brasil opera em cooperação com a empresa Cadence Design Systems Inc. A meta é capacitar até 2011 cerca de 1,5 mil projetistas, visando atender a demanda atual e futura das empresas nacionais, incluindo as DHs em processo de formação, e multinacionais operando no País, ou que aqui se instalarem. Além da formatação de mão de obra, a proposta objetiva a criação de mais dois centros de formação, um na região Sudeste e outro na Nordeste. Para isso, o orçamento do MCT, em 2007, previa uma verba de R$ 80 milhões.

CAPACITAÇÃO

De acordo com o diretor do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer e coordenador do Programa CI Brasil, Jacobus Willibrordus Swart, a formação de projetistas tem o caráter de suprir as necessidades do Ceitec e também das demais empresas instaladas no País, que trabalham com o desenvolvimento de circuitos. "É de extrema importância o investimento do governo federal por meio do MCT no fomento ao mercado de circuitos integrados. Só assim conseguiremos trabalhar em uma tecnologia que não é de ponta, mas que é de suma importância", destaca.

Jacobus disse que até agora já foram formados cerca de 340 projetistas. "Com os investimentos do governo, que chegam a R$ 10 milhões anuais, devemos formar em torno de 200 profissionais todo ano", comenta.

O coordenador do programa salienta ainda a necessidade de o País incentivar seus jovens a ingressar na área da engenharia elétrica. "Precisamos trabalhar para estimular nossos jovens a que busquem essa carreira. O Brasil precisa formar mais engenheiros. Se comparado com outros países do Bric – Brasil, Rússia, Índia e China -, por exemplo, a Rússia forma anualmente 120 mil engenheiros; a China, 300 mil; a Índia, 200 mil e o Brasil, apenas 30 mil por ano", informa.

O profissional formado pelo programa é reconhecido como projetista de CIs de nível internacional, sendo certificado pela empresa Cadence Design Systems, apontada como um dos maiores fornecedores mundiais de ferramentas EDA (Electronic Design Automation) e de soluções em microeletrônica.

O coordenador geral de Microeletrônica do MCT, Henrique de Oliveira Miguel, diz que o ministério coordenou o desenvolvimento e a execução do programa de formação de projetistas com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com a concessão de bolsas, e também da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), que selecionou a instituição para implantar o programa. "Com esta formação, queremos fomentar a criação de empresas de projetos no País, como também ter recursos humanos treinados, o que possibilita a atração de mais empresas e até a oferta de serviços para o exterior", destaca.

Miguel lembra ainda que a formação dos projetistas faz parte das ações do MCT na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). "O ministério tem outras duas ações em software e telecomunicações. Esses processos se completam", diz.

A EMPRESA

O Ceitec é uma empresa especializada no desenvolvimento e produção de circuitos integrados de aplicação específica (ASIC’s). Entre suas principais metas está inserir o Brasil no mercado global como produtor de semicondutores por meio da implantação de empresas competitivas em microeletrônica.

O Ceitec é um complexo de 14.600 m², construído em uma área de aproximadamente 5,6 hectares, na Estrada João de Oliveira Remião, 777, bairro Agronomia, em Porto Alegre (RS). O Centro é formado por dois prédios interligados. Ele produzirá chips nas áreas de telecomunicações, energia, automação comercial, informática, segurança, energia fotovoltaica, e outros.

Em pouco tempo de existência, a Ceitec já tem produtos desenvolvidos. O Chip do Boi está em fase de teste de campo, em Minas Gerais. Serão mais de 10 mil brincos aplicados em rebanhos no Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e outros estados. Também usando a tecnologia de RFID, foram criados produtos para rastreabilidade de automóveis, automação de aeroportos, rastreabilidade de medicamentos e derivados de sangue e o passaporte eletrônico. Estão em desenvolvimento, chips para modulação (recepção) de TV Digital e para a última milha de transmissão de banda larga via Wi-Max.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latin

Google termina suporte a Internet Explorer 6


A Google anunciou que deixará de criar suas aplicações considerando o internet explorer 6. "Infelizmente, os browsers muito antigos não podem executar muitos destes novos recursos de forma eficaz", afirmou Rajen Sheth, gerente de produtos sênior do Google Apps.

Em nota por e-mail a empresa informou que agora com o avanço da tecnologia que tornará o processamento de JavaScript mais rápido e que começará a utilizar HTML5 a partir deste ano, os browsers mais antigos não terão suporte a estas novidades tecnológicas.

Informou também que o Google Apps continuará funcionando nos browsers: Internet Explorer 7 e superior, Firefox 3 e superior, Google Chrome 4 e superior e o Safari 3 e superior.

Iniciando nesta semana browsers que estiverem desatualizados vão ver uma mensagem na tela pedindo para atualizar e informando o por que da atualização.

Lembramos que manter a atualização do browser é vital para a segurança de seu computador.

O IE 6 foi lançado em 2001, e é considerado tecnicamente ultrapassado por muitos web designers, programadores e especialistas em internet, que organizaram uma campanha pelo fim dessa versão do navegador da Microsoft. Apesar do boicote, a Microsoft decidiu estender o suporte ao IE 6 até 2014.

Em janeiro de 2010, foi registrado que o IE8 era responsável por 22,31% do mercado, o IE6 vem em segundo, com 20,07%. O Firefox 3.5 ficou em terceiro (17,01%), IE7 em quarto (14,58%), Firefox 3.0 em quinto (5,29%), Google Chrome em sexto (3,92%) e o Safari em sétimo (3,55%). Confira a lista completa do market share dos browsers.








Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina



-->